Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Turismo precisa se preparar para nova classe média, diz ministro


 
Thais Leitão

Agência Brasil, Rio de Janeiro – Ao participar hoje (20) da abertura da 38ª edição do Congresso Brasileiro de Agências de Viagens (Abav 2010), o ministro da Justiça, Luiz Barretto, disse que um dos maiores desafios do setor para os próximos anos é estar preparado para a nova classe média brasileira, com a incorporação de aproximadamente 30 milhões de brasileiros no mercado de consumo.

Barretto reafirmou seu otimismo em relação ao desempenho do setor que, segundo ele, crescerá mais de 12% este ano. O Abav 2010 começou hoje (20), no Rio de Janeiro e a expectativa é que o evento atraia 24 mil visitantes e movimente R$ 26 milhões. O congresso é considerado o maior do turismo no Continente Americano.

“Essa nova classe média está colocando em sua prateleira o tema do turismo e o grande desafio é entender sua cultura, seus hábitos para termos produtos voltados para esses consumidores, ávidos por fazer sua primeira viagem”, afirmou.

Barreto disse não acreditar que a valorização do real em relação ao dólar esteja prejudicando o mercado interno. Segundo ele, o brasileiro continua viajando para destinos dentro do país. “O brasileiro continua viajando. É evidente que torna [o real valorizado] mais barato viajar para fora, mas isso [viajar para o exterior] também é importante. Torço pra que ele [o turista brasileiro] viaje cada vez mais pelo Brasil, mas acho importante também outras experiências”.

O ministro afirmou que o governo federal está se empenhando em melhorar a qualidade dos serviços oferecidos ao turista, como forma de se preparar para os eventos esportivos que o país vai sediar nos próximos anos. Ele destacou, no entanto, que a melhoria da infraestrutura aeroportuária é um das principais questões que precisam ser enfrentadas.

O governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, também destacou a importância da ampliação da infraestrutura para acompanhar o crescimento da demanda em função do aumento do poder aquisitivo da população e da realização dos eventos esportivos. “O brasileiro está viajando mais, está se hospedando mais. Por isso, precisamos de mais hotéis, mais aeroportos, rodovias, rodoviárias”, acrescentou.

 

Mais Sobre Turismo

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho realizou mais uma capacitação on-line tendo como foco o fortalecimento da economia no período pós-pandemia. O tema tratado

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), assinou a Carta do Turismo na Amazônia durante o primeiro Simpósio de