Porto Velho (RO) quinta-feira, 24 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Turismo: O Brasil à espera dos chineses


Brasília (DF) - A relação Brasil e China cresce a cada dia. Acordos firmados, visitas de representantes e promoção de intercâmbios de todo tipo estreitam as relações entre os dois países. Segundo o Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, em 2009 mais de 28 mil chineses nos visitaram. Já em 2010, o número chegou aos 38 mil.

O fortalecimento das relações diplomáticas e comerciais trouxeram, por exemplo, esta semana, a Brasília, o vice-primeiro-ministro chinês, Wang Qishan, e uma delegação formada por ministros de Estado. E essa aproximação vem sendo praticada há tempos. Em 2004, foi assinado o ‘Memorando de Entendimento entre o Ministério do Turismo e a Administração Nacional de Turismo da China’, que concedeu ao Brasil o status de ‘Destino Aprovado’ (ADS).

Em 2010, o MTur credenciou 70 agências de viagem de turismo para atender grupos de turistas chineses. E em janeiro último, o ministério promoveu chamada pública com os requisitos exigidos para selecionar novas agências que tenham interesse no segmento. O resultado sairá dia 10 de março.

Hoje, a China é a principal parceira comercial do Brasil, mas ainda há entraves. A abertura para produtos manufaturados vindos daquele país tem provocado queixas da indústria nacional. Além disso, exportações agrícolas e pecuárias encontram dificuldades, diante das barreiras impostas pelos asiáticos. O ministro do turismo, Gastão Vieira, defende a aproximação: “Estreitar os laços com a China é muito importante. O fluxo de asiáticos ainda é baixo, mas o turismo de negócios pode abrir oportunidades para outros tipos de turismo”.

A China é hoje o terceiro país do mundo que mais gasta com o turismo no exterior - na faixa dos U$$ 55 bilhões. E com a presença dos chineses no Brasil ficou constatada algumas diferenças em relação ao turista ocidental. “O chinês não é um turista de sol e praia. Ele gosta de conhecer a estrutura da natureza do país visitado e seu ecoturismo. Por isso, temos que nos preparar para oferecer o que eles gostam de ver”, confirmou o diretor do Departamento de Estudos e Pesquisas do Ministério do Turismo, José Francisco Lopes.
 

PARA BEM RECEBER OS CHINESES

CUMPRIMENTOS: evite contatos físicos. A cultura chinesa trata com reverência os mais velhos, portanto, sempre comece por cumprimenta-los, antes dos mais jovens.

TRATAMENTO: os sobrenomes chineses vêm à frente do nome, diferente do Brasil. O nome da família é mais importante. E sempre entregue documentos com a mão direita para os asiáticos. A mão esquerda é impura.

NEGOCIAÇÕES: Não tenha pressa. Para o chinês, ‘tempo é tempo’, pois a paciência é um importante valor agregado a qualquer negociação.

O MAIS IMPORTANTE: Nunca confundir chineses com japoneses. Os chineses orgulham-se de pertencer a uma das civilizações mais antigas do planeta.

Fonte: Mínistério do Turismo

Mais Sobre Turismo

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), promoveu nesta terça-feira (22), o II Workshop com Guias: Turismo e C

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em diferentes eixos, princ

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c