Porto Velho (RO) sexta-feira, 25 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Setur e Associação Comercial de Guajará discutem estratégias para o turismo


 
O superintendente de Turismo, Júlio Olivar, esteve reunido na noite desta terça-feira (16) na sede da Associação Comercial, Industrial e Serviços de Guajará Mirim (ACISGM) para um diálogo com a diretoria da entidade e os agentes econômicos de vários segmentos turísticos do município para falar sobre estratégias e diretrizes da política de Turismo e a formulação de planos e programas voltados ao desenvolvimento do setor.

Durante o diálogo, Júlio Olivar recebeu do presidente da ACISGM, Delny Cavalcante Júnior, um documento com alguns pleitos que objetivam fomentar as atividades turísticas da cidade, como por exemplo, a regulamentação da Lei nº 48 de 23 de julho de 1985, que torna Guajará como a 1ª Estância Turística do estado de Rondônia, além de suporte técnico para a elaboração de um plano de desenvolvimento do turismo.

O superintendente Turismo, Júlio Olivar, propôs inicialmente a elaboração de uma agenda que aponte as prioridades para investimento, e ouviu atentamente as reivindicações. Ele explica que o Governo do Estado tem todo interesse em contribuir para a efetivação de Guajará como estância turística, porém essa regulamentação cabe ao município, quanto ao suporte para elaboração de um plano de desenvolvimento, colocou a equipe técnica da Setur a disposição para que juntos possam elaborar medidas para o fortalecimento da infraestrutura turística, qualificação dos serviços e promoção do destino Guajará. Aproveitou para informar várias ações em curso na cidade, como por exemplo, a construção de dois centros culturais e revitalização da estação do Distrito do Iata e o mapa turístico que está sendo elaborado com parceiros.

“Guajará é uma cidade com grandes potenciais, seja no ecoturismo, na cultura ou na gastronomia, é importante aproveitar melhor esse manancial que hoje está sendo desperdiçado como grande catalizador econômico para o município” enfatizou Júlio.

Guajará Mirim tem 36 meios de hospedagem, Júlio Olivar destacou a necessidade do cadastramento destes hotéis e pousadas no Cadastur, que é o sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas que atuam na cadeia produtiva do turismo para que seja possível alinhar um diálogo positivo quanto a promoção da cidade.

Ao finalizar a reunião o superintendente propôs a criação de um guia turístico bilíngue, divulgando os principais atrativos da cidade, além de fazer uma interlocução com os proprietários de restaurantes para criação do prato oficial da cidade.

Após a reunião o superintendente foi convidado a conhecer a culinária de Guajará Mirim que, por ser uma cidade fronteiriça, dispõe de uma gastronomia diferenciada com iguarias como a pipoca de pirarucu e o massaco, prato feito à base de carne seca e banana da terra.

Mais Sobre Turismo

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

Setur promove 2º edição do Workshop com Guias: Turismo e Cultura de Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), promoveu nesta terça-feira (22), o II Workshop com Guias: Turismo e C

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

Setur vai promover I Workshop Supera Turismo para fortalecer o empreendedorismo no setor

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur) tem promovido ações de fomento ao Turismo em diferentes eixos, princ

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c