Porto Velho (RO) domingo, 19 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

Rio reúne operadores de 30 países no Salão do Turismo


Alana Gandra
Agência Brasil

Rio de Janeiro - No período de 28 a 30 deste mês, o Rio de Janeiro vai se tornar a capital turística do Brasil, com a realização, no Píer Mauá, do Salão de Turismo – Brazil International Tourism Exchange (Brite 2012 ). O evento tem o patrocínio do Ministério do Turismo e reunirá, para participar da Bolsa de Negócios, 140 buyers (operadores estrangeiros compradores) de cerca de 30 países da África, Ásia, do Oriente Médio e Leste Europeu para conhecer os principais destinos turísticos do estado e do país.

“Esse é um módulo da grande universidade do turismo. A gente quer que o turista venha e fique aqui”, disse à Agência Brasil o coordenador da área internacional do Brite 2012, Carlos Muzzio. Estão previstos 2,4 mil encontros na Bolsa de Negócios entre os compradores internacionais e 90 vendedores de destinos turísticos brasileiros e do setor hoteleiro.

Ele destacou que os operadores que vão para o exterior tentar trazer negócios para o Brasil fazem um tipo de exportação. “O turismo é uma indústria exportadora. Só que eu tenho que ir lá no mercado e brigar para que os turistas venham ao Brasil, em vez de ir para o México, os Estados Unidos ou a Europa”, disse.

A ideia, acrescentou, é mudar a percepção do turista estrangeiro de que o Rio, e por extensão o Brasil, se limitam a samba, praia, mulher e carnaval. “O Brasil tem muito mais que isso”, argumentou. A estratégia é utilizar matérias-primas que não são muito exploradas no exterior, como, por exemplo, o lado histórico e o fato de o Rio ser a única cidade imperial das Américas. “É a única cidade com uma floresta urbana”, lembrou.

Com o Brite 2012, a meta da Secretaria de Turismo do estado é ampliar em pelo menos 12% o número de visitantes a partir de 2013. Carlos Muzzio destacou, entretanto, que a concretização dessa expectativa “não depende só dos profissionais do turismo. Depende que o estado promova e ofereça toda a infraestrutura”. Ele defendeu que os gargalos em aeroportos, trânsito, rodovias e qualidade dos hotéis sejam solucionados com urgência.

Outro ponto importante do Brite é o Fórum do Conhecimento, cuja meta é mostrar a importância da capacitação de novos profissionais e estudantes das áreas de turismo e hotelaria e promover a aproximação entre esses profissionais. Especialistas do setor hoteleiro e turístico mostrarão aos estudantes como funciona essa indústria. Políticas públicas de turismo são um dos temas a serem abordados. “A coisa mais importante é que toda a cadeia [do turismo] estará lá”, ressaltou o coordenador.

No Salão do Turismo, a ideia é promover os destinos do Rio de Janeiro e do Brasil por meio da exposição de produtos e roteiros regionais característicos. Cada região brasileira mostrará produtos artesanais típicos, que serão comercializados. No total, 24 estados vão expor e vender seus produtos.

Muzzio disse que, atualmente, o mercado brasileiro é exportador. Cerca de 70% dos assentos aéreos
são ocupados por brasileiros, informou. Visando a incrementar o turismo doméstico, haverá um grande feirão de viagens durante o Brite, aberto a consumidores brasileiros, que poderão comprar pacotes turísticos a preços que só estarão disponíveis no evento. “Quero, com isso, fazer com que a economia gire e que os brasileiros fiquem aqui dentro”.

Representantes de 55 secretarias estaduais e municipais de Turismo estarão presentes ao evento. O desenvolvimento sustentável da indústria hoteleira, novas tendências, código de conduta ambiental são temas que serão debatidos no Encontro Internacional de Hotelaria, que ocorrerá também dentro do Brite 2012.
 

Mais Sobre Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci