Porto Velho (RO) sábado, 18 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

Prefeitura inicia trabalhos para organizar museu da EFMM


 
A prefeitura de Porto Velho iniciou trabalhos que visam organizar o museu da Estrada de Ferro Madeira Mamoré. Estudos nesse sentido estão sendo feitos pela museóloga Daniela Camargo, que veio do Rio de Janeiro. Ela foi contratada pela empresa Santo Antônio Energia, que firmou parceria com o Município e o Instituto do Patrimônio Histórico Nacional (Iphan) para restauração de todo complexo da EFMM, como parte das compensações.

Daniela já conheceu todo trecho da EFMM até a comunidade de Santo Antônio e na tarde de sexta feira (29), na companhia da vice-presidente da Fundação Cultural Iaripuna, Berenice Simão e da historiadora Yeda Borzacov, visitou o galpão onde está guardado parte do acervo, as peças móveis do museu. Nesta segunda feira (2 de maio) a museóloga irá até a sede da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer do Estado (Secel) para se inteirar de todos os documentos sobre a lendária ferrovia que se encontram guardados ali.

Nessa primeira fase de conhecimento, estudos e análises, Daniela e a sócia Mariana Santana permanecerão na Capital de Rondônia até a próxima quinta feira (5). “Nossa primeira missão é conhecer todo acervo – documentos, fotos e objetos”, disse Daniela. Ela acredita que levará no mínimo seis meses para concluir o projeto. “Meu trabalho é rechear o museu de informações para o público, sendo cuidadosamente avaliado o local de cada peça e a sua importância”, completou.

Antes, porém, de acordo com a museóloga, é necessário avaliar os critérios de conservação de cada peça do acervo e quais precisam ser restauradas. “Documentos e fotos também precisam passar por esse processo para deixá-los em condições de exposição ao público”, afirmou. Daniela disse ainda ter ficado “encantada” com a riqueza do acervo e seu valor histórico para Rondônia, o Brasil e o Mundo. “Isso aqui é maravilhoso”, enfatizou.

Local

Conforme Berenice Simão, todo complexo da EFMM é um grande museu a céu aberto, mas as peças móveis para visitação pública serão expostas no galpão da rotunda, após a sua restauração. “Será um museu de grande porte, um dos maiores do Brasil, e que terá repercussão internacional. Esse patrimônio revitalizado vai refletir na história do mundo”, comentou.

Berenice declarou que o objetivo do prefeito Roberto Sobrinho é devolver para a comunidade um patrimônio que marca o início da construção da cidade de Porto Velho e da história de Rondônia. “Sua importância é de valor incalculável, pois estaremos resgatando a memória do desenvolvimento da região, de tudo o que foi danificado e as dificuldades na sua construção, com a perda de muitas vidas”, acrescentou Berenice.

Ela também informou que os próprios galpões, as locomotivas, os trilhos e tudo o que se refere à EFMM já são uma exposição permanente, uma demonstração viva da cultura e da história do povo dessa terra.

Colaboradora

Yeeda Borzacov acompanhou a visita como convidada da Fundação Iaripuna e representante da sociedade civil e colaboradores da revitalização do complexo EFMM. Ela foi a primeira gestora do museu da ferrovia, ainda no Regime Militar, é escritora e tem um grande acervo de registros publicados sobre o museu, além de ter arquivos particulares de sua experiência como funcionária pública nas secretarias de Estado e do Município, os quais já afirmou que vai colocar a disposição da prefeitura. A fundação cultural quer organizar o museu da EFMM com uma ampla participação popular e principalmente daqueles que participaram de gestões anteriores e querem colaborar com a revitalização.

Fonte: Augusto José
Foto: Quintela

Mais Sobre Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci