Porto Velho (RO) sexta-feira, 17 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

Porto Velho prepara nova fase para turismo


Porto Velho prepara nova fase para turismo - Gente de Opinião

 A prefeitura de Porto Velho através da secretaria municipal de Desenvolvimento Socioeconômico e Turismo (Semdestur), recebeu um balanço sobre o potencial indutor de turismo na região Norte do Brasil. O relatório foi apresentado por Mário Petrocchi, presidente da Petrocchi Consultoria Ltda, empresa contratada para realizar um inventário turístico do destino Porto Velho. Segundo o secretário da pasta, Jaime Gazola, “ficamos muito animados com as análises e pesquisas de mercado que foram traçados sobre o potencial turístico do município. Agora, vamos estudar as informações recebidas e apresentar ao prefeito Roberto Sobrinho, para decidir sobre os objetivos e estratégias necessárias para o desenvolvimento do turismo através do processo participativo”, explicou.

Sobre o potencial indutor de Porto Velho e o processo participativo, Petrocchi definiu que, “levantamos em média que o município recebe duzentos e cinqüenta mil turistas, e pelo menos metade destes vêm através do turismo de negócios e da metade restante, apenas um quarto procura a região para o turismo ecológico amazônico”, informou.
Com base nestes dados, o consultor orientou sobre a necessidade de fazer de Porto Velho, o ponto principal de atração turística da região. O público alvo é o habitante localizado em um raio em volta da capital que abrange todos os municípios de Rondônia, parte dos estados de Tocantins, Mato Grosso, Acre e Amazonas além das regiões mais próximas da Bolívia e do Peru. “Para este público não há muito interesse em mostrar as belezas da Amazônia, já que residem dentro dela, então Porto Velho tem que oferecer o turismo de lazer composto de shopping center, culinária, hotelaria, bares, restaurantes, pontos históricos, manifestações artísticas, shows entre outros. Mas isto é insuficiente, daí que entra o processo participativo, ou seja, a participação da prefeitura, do governo Estadual, dos empresários e da população para receber os turistas, mas antes é necessário novos projetos e atrações”, descreveu o consultor durante a reunião de apresentação dos estudos ao secretário, sua equipe e integrantes do grupo gestor do destino Porto Velho.

Gazola destacou na reunião, a presença de representantes da superintendência de Turismo, entre eles Thiago Tezzari, gerente operacional, “o município está muito avançado em relação ao turismo do que o Estado e estamos aqui para somar forças, trabalhar juntos e aprender com a coordenadoria municipal de turismo, que tem um foco mais avançado do que nós. Também temos acesso aos recursos e projetos do Governo Federal que o município não tem, e assim juntos, vamos potencializar o turismo local”, informou Tezzari.

O arquiteto da Petrocchi Consultoria, Marcos Correa, apresentou sugestões que poderão ser construídas na capital, para somar com o que já existe como atrativo turístico, “é viável investir em parques temáticos como aquático, de aquário com peixes da região, ecológico, além de um teleférico unindo as margens do rio Madeira, piscinas públicas e outros equipamentos com foco no público infantil, por exemplo”, acrescentou Correa.

O grupo gestor é formado por vários parceiros, como o Sindicato de Hotéis, Bares e Restaurantes (Sindhotel), Energia Sustentável do Brasil (ESBR), Convention & Visitors Business Bureau (CVB), Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Fundação Cultural do Município de Porto Velho (Funcultural), Superintendência Estadual de Turismo (Setur), Associação Brasileira das Agências de Viagens (Abrav), as Faculdades Integradas Aparício Carvalho (Fimca), Faculdade São Lucas, e ainda, Serviço de Apoio às Pequenas e Médias Empresas (Sebrae/RO), Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), Secretaria Municipal de Cultura e Turismo de Guajará Mirim (Semcet), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Turismo de Nova Mamoré, Associação dos Pescadores Amadores de Rondônia (Sopescar), Banco da Amazônia (Basa), entre outros.

Fonte : Fabrícius Bariani
Fotos: Estevão Quintela

Mais Sobre Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci