Porto Velho (RO) segunda-feira, 21 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Porto Velho é noticia em Londres



Porto Velho é noticia em Londres - Gente de Opinião 

“Brazil's Devil's Railway gets new lease of life”, é o título da matéria da jornalista Louise Sherwood, para dizer que a Estrada de Ferro Madeira Mamoré foi reformada. (“Estrada de Ferro recebe nova oportunidade de vida “). A reportagem está postada no site BBC News e narra uma longa parte da história da saga da Madeira Mamoré desde o início, em 1900 e a grande missão do americano Percival Farquhar que aceitou o desafio em que muitos já haviam fracassado. O rico empresário da Pensilvânia ganhou a concessão pelo governo brasileiro para construir uma ferrovia que iria levar a borracha do Brasil e do litoral da Bolívia para o mundo. Seria a terceira tentativa de fixar trilhos nesta parte da floresta Amazônica, onde corredeiras traiçoeiras originadas dos cortes dos rios Madeira e Mamoré os tornavam inavegáveis.

A matéria diz ainda que cerca de 20.000 homens, provenientes de países como os EUA, Inglaterra, Escócia, Alemanha, China, India, Barbados e Granada, aceitaram as ofertas de emprego que prometia muitas riquezas na nova terra, mas a realidade era outra. Os homens tiveram que cortar caminho pela mata fechada no calor intenso e umidade, enquanto chuvas torrenciais e inundações frequentemente levaram os trechos já concluidos da obra. Entre as dificuldades enfrentadas pelos trabalhadores, estavam também as emboscadas dos povos indígenas e os ataques de animais selvagens. Muitos operários também morreram de malária, febre amarela e tuberculose. “Estima-se que cerca de 6.000 pessoas morreram durante a construção que ficou conhecida como a Ferroviária do Diabo”, diz a matéria.

Barbadianos

A reportagem traz alguns depoimentos como o do pioneiro José Bispo de Moraes ex-trabalhador ferroviário, que trabalhou na linha desde o início 1950 por cerca de 20 anos. “Colocamos tudo nessa ferrovia, o nosso trabalho, nosso sangue, e isso era a nossa vida " e de Manuel Soares da Silva, “comecei a trabalhar na ferrovia com 17 anos como assistente de telefonista antes de ser maquinista. Não havia cursos de formação. Aprendemos tudo no próprio trabalho”, disse o ferroviário.

Em um contexto geral, a matéria coloca a revitalização da Estrada de Ferro como a única forma de salvar o patrimônio Histórico de Porto Velho. “Nós entendemos o interesse pela recuperação da Estrada de Ferro no exterior, principalmente por países que valorizam a cultura e a história. São poucos patrimônios históricos que foram restaurados no mundo e nós buscamos valorizar o que é nosso e estamos muito felizes por entregar à população, esta primeira etapa de um novo espaço de lazer”, disse o prefeito Roberto Sobrinho.
Para ver a matéria na íntegra, acesse o site : http://www.bbc.co.uk/news/world-latin-america-11578463


Por: Nara Vargas
Fotos: BBC News

Mais Sobre Turismo

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho realizou mais uma capacitação on-line tendo como foco o fortalecimento da economia no período pós-pandemia. O tema tratado

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), assinou a Carta do Turismo na Amazônia durante o primeiro Simpósio de