Porto Velho (RO) quarta-feira, 18 de setembro de 2019
×
Gente de Opinião

Turismo

Pelo menos 6 milhões de estrangeiros devem visitar o Brasil até 2011



Agência Brasil

Brasília - Impulsionado pelo crescimento da classe média brasileira, pelo dólar favorável e pela realização da Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, o turismo no Brasil deve crescer 12% neste ano, superando a expansão de 7% a 8% prevista para o Produto Interno Bruto (PIB).

A previsão é do Ministério do Turismo. O reaquecimento do mercado turístico ocorre depois de um período longo sem registros positivos, em 2009, em decorrência dos efeitos da crise econômica internacional.

As informações da agência BBC Brasil. O secretário executivo do Ministério do Turismo e presidente do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Mário Moysés, afirmou que o número de visitantes do exterior voltou a crescer neste ano e deve chegar perto de 6 milhões em 2011.

As divisas estrangeiras que entram no país também refletem o crescimento: enquanto no ano passado os turistas deixaram cerca de R$ 9 bilhões no Brasil, até o fim deste ano terão deixado R$ 10,1 bilhões, na previsão do ministério.

O aquecimento se refletiu na 38ª edição da Feira das Américas – Abav 2010, que começou quarta-feira (20) no Riocentro e foi encerrada nessa sexta-feira. Tida como maior evento de turismo da América Latina, a feira registrou crescimento de 12% nos primeiros dois dias e contou com 737 expositores, contra 702 no ano passado.

O número de visitantes passou para 23.651, contra 21 mil em 2009. O evento é organizado pela Associação Brasileira de Agências de Viagem (Abav) e reúne agências, operadoras, representantes de hotéis e órgãos de turismo de diferentes países.

As metas do ministério são ambiciosas. De acordo com Moysés, a Embratur quer aumentar o ingresso de divisas em moeda estrangeira em quase 300% até 2020, chegando a US$ 20 bilhões, e trabalha para duplicar o número de visitantes estrangeiros até lá, com a meta de atrair 10 milhões.

“Temos um plano de promoção em uma série de países europeus, como a Itália, França, Portugal, a Alemanha, e nos principais países da América do Sul”, conta Moysés. “Ainda temos muito espaço para crescer na América do Sul. Há países que praticamente não nos visitam, como o Peru, a Colômbia, o Equador, a Venezuela. Eles olham para o Caribe e os Estados Unidos, mas praticamente não para o Brasil.”

Com o real valorizado e o aumento da classe média, mais brasileiros estão buscando destinos no exterior para passar suas férias. Concentrando a atenção nesse mercado crescente, 48 países vieram promover seus destinos na feira da Abav – alguns deles pela primeira vez, como a Áustria, os Emirados Árabes, a Croácia, a Polônia, Rússia, Tunísia e Uganda.

O presidente da Abav nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira, espera que a Copa do Mundo e as Olimpíadas tragam mais turistas não apenas em 2014 ou 2016, mas durante todo o período que envolve a organização dos dois eventos. “Os eventos em si não são a melhor época para visitar o Brasil. Mas a grande vantagem é que despertam curiosidade para o país antes”, disse.

Para Ferreira, a ascensão de cerca de 30 milhões de brasileiros das classes C e D para a classe média deve ter fortes reflexos no turismo. Ainda assim, o otimismo inspirado pelos números é cercado de cautela.

A despeito das defasagens existentes nos aeroportos, o número de voos em território nacional também cresce. De acordo com dados da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o número de voos registrado entre janeiro e agosto deste ano foi recorde tanto nos trechos nacionais (com 43,3 milhões de desembarques, superando o mesmo período do ano passado em 23%) quanto nos internacionais (5,11 milhões de brasileiros e estrangeiros desembarcaram no país, 11,77% a mais que no mesmo período do ano anterior).


 

Mais Sobre Turismo

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci

Monte Gordo, um paraíso para veraneio,  a 322 quilômetros de Lisboa

Monte Gordo, um paraíso para veraneio, a 322 quilômetros de Lisboa

A cidade de Monte Gordo, a 322 quilômetros de Lisboa, é um dos principais destinos turísticos do Algarve. Tornou-se conhecida pelas praias com tempera

Municípios do novo Mapa do Turismo Brasileiro serão validados até 30 de julho

Municípios do novo Mapa do Turismo Brasileiro serão validados até 30 de julho

Os governos estaduais têm até o próximo dia 30 de julho para validar a atualização do Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021, que vem sendo cadastrada n