Porto Velho (RO) domingo, 26 de janeiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

OPINIÃO: Turismo pode deslanchar em Rondônia ?


 
Mesmo com atrações turísticas exuberantes como o Vale do Guaporé, na fronteira com a Bolívia e o Lago do Cuniã, em Porto Velho, e monumentos históricos da magnitude da Estrada de Ferro Madeira Mamoré (Porto Velho a Guajará Mirim) e Forte Príncipe da Beira (em Costa Marques), ou até mesmo festividades religiosas, como a Festa do Divino em Pedras Negras, o Estado de Rondônia apenas começa a engatinhar no setor de turismo. Não faltaram esforços: Na primeira gestão do governador Ivo Cassol foi desenvolvido grande investimento na parceria com a Rede Globo, na realização da minissérie Mad Maria, para impulsionar o turismo, mas ações como esta não tiveram continuidade.

Tampouco competições esportivas, como as corridas de Jericos (em Alto Paraíso, no Vale do Jamari) e Maratona do Avestruz (região central) são divulgadas para o restante do país, embora sejam alvo de grande sucesso na região amazônica. As praias de Pimenteiras, no Cone Sul rondoniense, bem como os encontros das águas dos rios Jamari com Madeira, na altura de São Carlos, os passeios na selva com guias indígenas e seringueiros no pantanal rondoniense são atrações bem sucedidas regionalmente, mais desconhecidas, Brasil afora. Já, a pesca esportiva, tem atraído centenas de turistas de outros estados e até de outros países para Rondônia, nos últimos anos.

Com Museu Histórico da Estrada de Ferro Madeira Mamoré, passeios da selva e por contar com um dos melhores hotéis ecológicos do país, o Pakaás Lodge, o município de Guajará Mirim, que também tem como atração as compras de importados, tem tudo pra fazer o setor turístico decolar nos próximos anos com a construção da ponte binacional sobre o Rio Guaporé, ligando o Brasil à Bolívia.

Em 2010, para a Superintendente de Turismo Claudia Carvalho, o turismo poderá ganhar impulso no estado. O aeroporto de Cacoal esta concluído, a reforma do museu histórico de Guajará Mirim entrou em processo licitatório e várias outras medidas foram implementadas para despertar o setor. No aeroporto Jorge Teixeira de Oliveira foi instalado um Centro de Atendimento ao Turista, uma medida pioneira, tratando-se de Rondônia.

Também o projeto de levantamento de potencialidades turísticas da Zona da Mata rondoniense, em parceria com a FIERO, IEL e SUFRAMA, treinamento de técnicos para a captação de imagens para divulgação das atrações nos municípios, como o Museu Rondon em Ji-Paraná, tendem a projetar o setor.

Fonte: Carlos Sperança - csperanca@enter-net.com.br 
www.gentedeopiniao.com.br  -  www.opiniaotv.com.br - http://twitter.com/opiniaotv
http://www.gentedeopiniao.com.br/energiameioambiente/   

Mais Sobre Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

Rondônia tem novo Mapa Turístico aprovado pelo Ministério do Turismo

O Ministério do Turismo divulgou, na segunda-feira, 26, no Diário Oficial da União, o novo Mapa do Turismo Brasileiro 2019-2021. Ao todo, 2.694 ci