Porto Velho (RO) domingo, 23 de fevereiro de 2020
×
Gente de Opinião

Turismo

Inmetro: Nova classificação hoteleira


 
A proximidade da Copa do Mundo de 2014 e da Rio 2016 irá implementar importantes mudanças no país, sobretudo no setor hoteleiro. A pedido do Ministério do Turismo (MTur), o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) desenvolve o Regulamento de Avaliação da Conformidade para o Sistema de Classificação dos Meios de Hospedagem, a partir das considerações do setor hoteleiro, da sociedade e partes interessadas feitas durante as oficinas realizadas para cada tipo de meio de hospedagem e durante o período de consulta pública. O regulamento deve ser disponibilizado até dezembro de 2010, quando o Inmetro publicará a Portaria com o Requisito de Avaliação da Conformidade, que visa a alterar a matriz que classifica por estrelas, possibilitando competitividade justa entre os meios de hospedagem do país e auxiliar os turistas em suas escolhas. O novo sistema de categorização de acomodação será de adesão voluntária. Para solicitar a nova classificação, o meio de hospedagem deve estar em situação regular no Cadastur, Sistema do Ministério do Turismo.

“Hoje são cerca de 15 mil meios de hospedagem no país, mas apenas sete mil são cadastrados. Não há um padrão. Queremos colocar o Brasil como um dos principais pontos turísticos do mundo, até mesmo para eventos internacionais. Para isso, precisamos expandir, melhorar a qualidade dos serviços e regularizar o setor. O turista vai poder pagar pela escolha dele e não mais ser surpreendido. Já consolidamos os comentários da consulta pública com a Comissão Técnica e o regulamento final será publicado até o final do ano”, resumiu Luciane Lobo, analista da Divisão de Programas de Avaliação da Conformidade e uma das responsáveis pelo Programa.

A nova classificação traz novidades na tipologia, dividida em sete categorias: hotel; hotel fazenda; hotel-histórico; pousadas; flats; resorts; e cama e café (hospedagem domiciliar). Os meios de hospedagem serão identificados por estrelas, de uma a cinco – Sistema extinto em 1997 e que agora será aplicado até mesmo às pousadas –, e deverão atender a itens obrigatórios e eletivos (flexíveis). O Sistema foi construído após a análise da experiência em 24 países, além da participação de empresários, acadêmicos e a sociedade civil, inclusive no período de consulta pública.

Três conjuntos serão considerados na avaliação: infraestrutura – como tamanho do quarto e da cama, banheiros, elevador; serviços – como recepção, internet, lavanderia e piscina; e sustentabilidade, nos aspectos relacionados com meio ambiente, sociedade e satisfação do hóspede.

Os proprietários podem se submeter ao processo de classificação mediante a cadastro prévio no site do MTur (www.turismo.gov.br) com informações sobre o estabelecimento. Solicitação realizada, o representante da Rede Brasileira de Metrologia Legal e Qualidade do Inmetro no estado irá ao local conferir e avaliar a estrutura – todos os órgãos da Rede já receberam treinamento específico para desenvolver esta avaliação. A classificação do empreendimento terá validade de três anos.


Hotel modelo no Campus

Além dos Sistemas de Classificação dos Meios de Hospedagem para o MTur, o Inmetro também está em fase preliminar de elaboração do projeto do Hotel Conceito, no Campus de Laboratórios, em Xerém. O hotel será construído em uma área de 7 mil m² e vai apresentar modelos de todos os tipos de hospedagem. O espaço servirá de laboratório para novos empreendedores do setor que queiram conhecer o padrão de qualidade. Ali, poderão ver as acomodações adequadas para adaptar seus negócios aos requisitos do novo modelo de classificação.


Fonte: Rafael Cavalcanti / www.cdn.com.br

 

Mais Sobre Turismo

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Viajar é sempre uma experiência prazerosa, e é difícil encontrar quem não goste de conhecer novos lugares, fotografar diferentes paisagens e experimen

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Ecoturismo é a preferência de visitantes estrangeiros na região Norte

Natureza, ecoturismo e aventura. Essas são as principais motivações dos turistas estrangeiros que visitaram o Norte do Brasil em 2018, de acordo com o