Porto Velho (RO) terça-feira, 19 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Blocos, festas e escolas de samba deixam 164 toneladas de lixo nas ruas do Rio



Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

Os garis da Companhia de Limpeza Urbana do Rio de Janeiro (Comlurb) recolheram 164 toneladas de lixo nos trajetos dos blocos carnavalescos, nos bailes de rua e nos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí ontem (25), primeiro dia do carnaval carioca. De acordo com a prefeitura, a maior parte dessa montanha de resíduos (75 toneladas) foi recolhida após a passagem dos blocos.

Apenas no Cordão da Bola Preta, por exemplo, que desfilou no centro da cidade, com um público estimado em 1 milhão de pessoas, foram recolhidas 29 toneladas de lixo. No bloco das Favoritas, que também reuniu milhares de pessoas, foram 15 toneladas.

Durante o desfile das escolas de samba da Série A, a segunda divisão do carnaval carioca, no Sambódromo, foram recolhidas 41 toneladas, enquanto que as festas e bailes de rua geraram 42 toneladas de resíduo sólido, principalmente na zona oeste.

Mais Sobre Turismo

Rolim de Moura entra no “Mapa do Turismo”

Rolim de Moura entra no “Mapa do Turismo”

A prefeitura de Rolim de Moura (RO, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMMADU) está realizando Inventário

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Turismo: destinos turísticos de Rondônia impressionam pela beleza e economia, afirmam servidores

Viajar é sempre uma experiência prazerosa, e é difícil encontrar quem não goste de conhecer novos lugares, fotografar diferentes paisagens e experimen

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

Sistema Fecomércio/Sesc/Senac apoia Investe Turismo

O Ministério do Turismo, Embratur, Governo de Rondônia e Sebrae realizam na próxima segunda-feira, 21 de outubro, o Seminário Investe Turismo. O Siste

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

Programa Investe Turismo chega em Rondônia

O Turismo é uma grande mola propulsora dentro da economia de um país. Em Rondônia, seus potenciais estão latentes, necessitando de apoio para seu