Porto Velho (RO) terça-feira, 22 de junho de 2021
×
Gente de Opinião

Turismo

Aula enogastronômica com o italiano Antônio Maccieri


 

Aula enogastronômica com o italiano Antônio Maccieri - Gente de Opinião


O enólogo Antônio Maccieri, diretor da vinícola Riunite, ministrou uma aula enogastronômica para os acadêmicos do Curso de Gastronomia da FIMCA, Faculdades Integradas Aparício Carvalho. A atividade foi realizada nesta quarta-feira, 30/06, na cozinha do moderno Centro de Gastronomia, ainda em construção, e contou com a presença da coordenadora, professora Marília Teixeira Berno, alem de outros professores do curso.

Antonio Maccieri é um dos mais conceituados winemakers do mundo. Com sua vasta experiência no mundo dos vinhos, responsável pela elaboração de rótulos como o Riunite, Casa Bella Malvasia e Bonarda, Mont´Arquato Barbera, Cabernet Sauvignon e o imponente Duca di Ferro, Maccieri liderou os participantes numa verdadeira viagem pela história, química, produção, tipos, classificação, consumo e harmonização do vinho com os diversos tipos de pratos.

A aula foi encerrada com a degustação dos vinhos assinados pelo enólogo, acompanhada com queijos, pães, pastas e massas preparadas especialmente para o evento pelos acadêmicos de gastronomia.

Antonio Maccieri

O enólogo italiano Antonio Maccieri está dividindo seu tempo entre a Itália e o Brasil, onde representa a importadora Magna Import. Profundo conhecedor de vinhos, ele é a quarta geração de produtores da bebida de Baco, dedicando-se há mais de 35 anos em uma carreira de destaque na vinicultura da Itália e Europa.

Dedicou muito tempo da sua vida como Diretor Técnico e Comercial da cooperativa Riunite, onde foi o criador do Riunite Lambrusco, que hoje é um dos mais vendidos do mundo. A vinícola está presente em 64 países, sendo líder de mercado em 24 deles. Para obter estes resultados, Maccieri estabeleceu uma política comercial e de marketing agressiva, acompanhando todos os esforços e crescimento da marca.

Hoje, é o responsável pela produção de dois novos vinhos frisantes da empresa italiana Casa Bella: o Casa Bella Bonarda (tinto) e o Malvasia (branco), consumidos nos restaurantes de maior prestígio e nos bares mais badalados de vários países do mundo. Além dos frisantes, acaba de chegar ao Brasil a nova linha de vinhos secos Mont´Arquato Barbera, Mont´Arquato Cabernet Sauvignon e o Duca di Ferro Barbera/Bonarda, todos de sua criação. Todas essas marcas são trazidas com exclusividade pela Magna Import, além dos vinhos portugueses da DFJ, dos chilenos da Emiliana, os argentinos Andean Vineyards e o italaiano Chianti La Ginestra.

Maccieri nasceu na região da Reggio Emilia, na Itália, e estudou na Faculdade de Enologia de Alba. Em 1972, iniciou sua carreira profissional como consultor na Cantina Riunite, onde logo assumiu a Direção de Pesquisa e Desenvolvimento. No período entre 1977 e 1982 realizou extensas pesquisas sobre novos produtos, como os vinhos frisantes, que se tornaram um grande sucesso mundial, principalmente na Europa e nos Estados Unidos.

Maccieri chegou a ficar conhecido como "Papa do vinho jovem e vinho frisante". As pesquisas de Maccieri levaram-no também a colaborar com grupos de pesquisa da Universidade de Bologna (Itália), Davis (Califórnia) e escolas superiores de Enologia da África do Sul e Austrália. Em 1985, foi promovido a Diretor Técnico e Vendas da Riunite, acumulando também o cargo de Consultor de Enologia Italiana e da Comunidade Européia.

Em 1991, lançou na Itália o livro "Il Lambrusco Reggiano", um completo estudo sobre o Lambrusco, abrangendo os aspectos técnicos de produção, relatos antigos do vinho Lambrusco e as melhores combinações enogastronômicas elaboradas com a participação de grandes chefes.

No ano de 1993, Antonio Maccieri foi relator em inúmeros congressos internacionais em diferentes convenções como Nova York e Montreal. Em 2001, foi responsável pela consultoria para a produção de um espumante com a metodologia clássica de “champenois”. Após 3 anos, em 2004, o enólogo encerra o contrato com a Riunite e inicia um novo projeto inspirador, como consultor técnico, enólogo, marketing e comercial da Casa Bella.

Após a renovação efetuada na tecnologia e nas vinificações da Casa Bella, estuda e aperfeiçoa as novas linhas de produtos Viticoltori Arquatesi e Mont’Arquato, produzidos nas colinas de Piacenza, Itália. O que resultaria em prêmios consecutivos:

Em 2007 ganha o prêmio Vinitaly com o vinho Mont’Arquato Cabernet Sauvignon.

Em 2008 ganha novamente o prêmio Vinitaly com o vinho Mont’Arquato Barbera DOC.

E em 2009 ganha por mais uma vez o prêmio na Vinitaly, com o vinho Mont’Arquato Duca Di Ferro – Guturnio DOC Reserva 2005 – Barrica e com Passito DOC Malvasia 2004.


Fonte: Sergio Mello
 

Mais Sobre Turismo

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

Setur se reúne com municípios que integram os pólos turísticos para desenvolver a pesca esportiva em Rondônia

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), vem realizando reuniões em vários municípios do Estado com o objetivo

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Sebrae reúne entidades e comunidade para debater portal turístico em Jaci Paraná

Jaci Paraná é um distrito distante cerca de 90 quilômetros da sede, a capital Porto Velho, possui cerca de 18 mil habitantes e foi muito impactado c

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

Setor de turismo é capacitado para a formatação de roteiros em Porto Velho

A Prefeitura de Porto Velho realizou mais uma capacitação on-line tendo como foco o fortalecimento da economia no período pós-pandemia. O tema tratado

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

Setur assina Carta do Turismo na Amazônia durante Simpósio de Pesca Esportiva

O Governo de Rondônia, por meio da Superintendência Estadual de Turismo (Setur), assinou a Carta do Turismo na Amazônia durante o primeiro Simpósio de