Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Vinício Carrilho

Decência e Respeito


Decência e Respeito  - Gente de Opinião

A Educação Antifascista precisa vir do berço, para que a aberração moral não tenha que ser punida na fase adulta. 

O mais lastimável é que a criança deseducada em termos de respeito e decência ainda possa adquirir representação política, já adulto.

A lógica não permite ao "não-ser" tornar-se a representação do "vir-a-ser".

- isso ocorre porque não é a lógica que guia os adultos deseducados, abusadores, violadores de direitos e de pessoas. 

-- o que guia o adulto fascista é a mesquinharia, a patologia do sadismo, a corrupção da essência humana (a desumanidade).

O julgamento de hoje (12.04.2022), na ALESP, pela admissibilidade da cassação do deputado Arthur do Val (União Brasil-MBL), em razão das ofensas gravíssimas proferidas às mulheres pobres ucranianas, a todas as mulheres, reforça a tese de que o adulto não foi educado para viver no espaço público. 

A decisão unânime do Conselho de Ética (10 × 0) reforça a tese de que a educação antifascista deve estar em todos os níveis e, assim, ser praticada por todas e todos nós. 

Ainda entendo que o deputado Arthur do Val deveria ser enquadrado no Crime de Racismo (inafiançável e imprescindível), por tornar "objeto de consumo sexual" a mulher pobre. 

Para pavimentar este caminho jurídico basta-nos recuperar os índices de exclusão e de segregação social e econômica no país. 

No País do Mapa da Fome, facilmente verificamos que entre 60%, 70% dos pobres são negros: os "mais fáceis".

Desse percentual, no mínimo 50% são formados por mulheres negras.

Logo, pela lógica do deputado, as "mulheres mais pobres e fáceis", no Brasil, são negras. 

Arthur do Val ameaçou todas as mulheres pobres brasileiras e, especialmente, colocou um alvo de abuso sexual e moral na imensa maioria das mulheres negras. 

Porém, o trabalho não foi suficiente: o deputado Fernando Cury (União Brasil) não recebeu a mesma resposta, pelo assédio físico cometido contra a deputada Isa Penna (PCdoB).

No todo, a Educação Antifascista é muito semelhante à luta política antifascista, porque ambas não findam. 

Quem sabe um dia, no vir-a-ser da decência humana, não apenas os violadores e abusadores sejam punidos com "todo o rigor da lei", mas, acima de tudo, que todas as crianças sejam educadas para repelir todo e qualquer racismo, machismo, misoginia, homofobia, elitismo, capacitismo.


* O conteúdo opinativo acima é de inteira responsabilidade do colaborador e titular desta coluna. O Portal Gente de Opinião não tem responsabilidade legal pela "OPINIÃO", que é exclusiva do autor.

Mais Sobre Vinício Carrilho

Ah...a Democracia que sempre tive

Ah...a Democracia que sempre tive

A Democracia é um campo de Girassóis, floresce com nosso olhar, reflete nosso cuidado ou contemplação. As flores são assim, o amor é assim. Não basta

Viva a Democracia!!

Viva a Democracia!!

Em 2016-17, o lema era "Fascistas não passarão!!". Com certeza havia uma lembrança da Guerra Civil Espanhola. Todos nós sabemos que os fascistas pass

Meus Pais

Meus Pais

Não quero lhe falar meu grande amor Das coisas que aprendi nos discosQuero lhe contar como eu vivi E tudo o que aconteceu comigo Viver é melhor q

Defesa ÓBVIA dos Direitos Humanos - é ululante, pesaroso, descrever o óbvio, mas é urgente

Defesa ÓBVIA dos Direitos Humanos - é ululante, pesaroso, descrever o óbvio, mas é urgente

FACULDADES INTEGRADAS DE JAHU Mantenedora: Fundação Educacional Doutor Raul Bauab  SEMANA JURÍDICA – 11.08.2022   Defesa ÓBVIA dos Direitos Humano