Porto Velho (RO) sábado, 28 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Polícia

PF tem 4 provas que ligam Geddel aos R$ 51 milhões


Gente de Opinião

Bahia 247 - A Polícia Federal tem novos indícios que reforçam a associação dos R$ 51 milhões apreendidos em Salvador ao ex-ministro Geddel Vieira Lima. Fica mais complicada a situação do peemedebista que era braço direito de Michel Temer.

A PF elencou quatro novas provas e situações que colocam Geddel numa posição delicada: 1) as digitais do ex-ministro colhidas no apartamento onde houve a busca estavam impressas no próprio dinheiro e material que acondicionava as notas. 2) uma segunda testemunha ouvida após a operação policial confirmou que o espaço havia sido cedido a Geddel, corroborando o que disse o dono do imóvel. 3) uma segunda pessoa é suspeita de auxiliar o político baiano na destinação das caixas e malas de dinheiro. 4) a PF identificou risco de fuga depois da revelação da história da maior apreensão de dinheiro vivo já registrada no Brasil.

A origem dos R$ 51 milhões, porém, ainda é um mistério. A suspeita da Polícia Federal é de que parte do dinheiro se trata de propinas para viabilizar a liberação de crédito do FI-FGTS a empresas.

Geddel é suspeito de receber R$ 20 milhões em propinas. O peemedebista foi vice-presidente de Pessoa Jurídica da Caixa Econômica Federal entre 2011 e 2013. A origem do dinheiro como um todo é desconhecida. O caso é analisado na Justiça Federal em Brasília.

Geddel foi preso preventivamente em 3 de julho no âmbito da Operação 'Cui Bono?', suspeito de atrapalhar investigações. Ele obteve o benefício de cumprir prisão domiciliar, determinada pelo Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, e deixou o Presídio da Papuda, em Brasília, no dia 13 de julho, e continua em seu apartamento em Salvador sem tornozeleira eletrônica. 

Os fatos novos, surgidos na 'Operação Tesouro Perdido', que apreendeu os R$ 51 milhões, podem motivar uma nova prisão de Geddel, independentemente do benefício obtido no TRF. Para isso, a PF ou o MPF podem fazer pedido nesta direção à Justiça Federal em Brasília.

Mais Sobre Polícia

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

5º Batalhão da PM realiza formatura alusiva aos 27 anos, nesta sexta (23)

O 5º Batalhão de Polícia Militar de Rondônia (5º BPM – Batalhão Belmont) realiza, nesta sexta-feira (23), às 19h, a formatura militar alusiva ao seu

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Operação Arinna do MP/SP: PRF e RFB participam da operação para desarticular organização criminosa atuante na adulteração de combustível

Na manha de hoje (21), a Polícia Rodoviária Federal participou da Operação Arinna, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime O