Porto Velho (RO) domingo, 24 de maio de 2020
×
Gente de Opinião

Justiça

Advocacia-Geral garante retirada de invasores de unidade de conservação em Rondônia


Advocacia-Geral garante retirada de invasores de unidade de conservação em Rondônia - Gente de Opinião

A Advocacia-Geral da União (AGU) assegurou a retirada de mais de cem invasores da Floresta Nacional do Bom Futuro, unidade de conservação no estado de Rondônia administrada pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio).

 

A área ocupada irregularmente era conhecida como “acampamento Boa Esperança” e fica próxima à cidade de Alto Paraíso (RO).

 

A AGU, por meio da Procuradoria Federal no Estado de Rondônia (PF/RO) e da Procuradoria Federal Especializada junto ao Icmbio (PFE/IcmBio), ajuizou uma ação de reintegração de posse com pedido liminar em face dos invasores que estavam ocupando as áreas pertencentes à Flona. O pedido foi acolhido pela 5ª Vara Federal de Rondônia. Na decisão, o juízo determinou a intimação dos autores para cumprimento voluntário da ordem no prazo de dez dias e autorizou, em caso de descumprimento do prazo, a utilização da força policial para desocupação forçada da unidade de conservação.

 

Como o prazo acabou e a invasão foi mantida, o Icmbio, com o apoio de um comboio composto por vários órgãos – como a Polícia Militar, a Polícia Federal, o Corpo de Bombeiros Militar e o Conselho Tutelar de Alto Paraíso – se dirigiu ao local e, após dois dias de trabalho, concluiu a reintegração.

 

Biodiversidade

 

“A Flona Bom Futuro é um corredor ecológico com várias espécies. A importância desta atuação é a preservação da biodiversidade e da proteção dos ecossistemas”, explica o o procurador federal Paulo Henrique Alves, que atuou no caso. “O objetivo do Icmbio agora é recuperar o meio ambiente. E para isso estamos identificando todos os responsáveis para pedir o ressarcimento dos danos ambientais”, conclui.

 

A PF/RO e a PFE/ICMBio são unidades da Procuradoria-Geral Federal (PGF), órgão da Advocacia-Geral da União (AGU).

 

Ref.: Processo nº 1004473- 36.2018.4.01.4100/Justiça Federal de Rondônia.

Mais Sobre Justiça

Auxílio emergencial: MPF quer ampliação do prazo de saque para evitar saída de indígenas das aldeias

Auxílio emergencial: MPF quer ampliação do prazo de saque para evitar saída de indígenas das aldeias

Os indígenas de Rondônia têm colocado suas vidas em risco ao deslocar-se para a cidade na tentativa de sacar o auxílio emergencial diante do atu

Ministério Público expede recomendação para coibir pagamento de produtos que não sejam gêneros alimentícios com Cartão Alimentação

Ministério Público expede recomendação para coibir pagamento de produtos que não sejam gêneros alimentícios com Cartão Alimentação

O Ministério Púbico do Estado de Rondônia, por meio do Grupo de Atuação Especial da Infância, Juventude e da Defesa da Educação (GAEINF), expediu

MP recomenda ao Estado a recusa de pedidos de exoneração de servidores da Sefin em meio à pandemia do coronavírus

MP recomenda ao Estado a recusa de pedidos de exoneração de servidores da Sefin em meio à pandemia do coronavírus

O Ministério Público de Rondônia expediu recomendação ao titular da Secretaria Estadual de Finanças (Sefin) e ao Governo de Rondônia para que procedam

Decisão inédita do Tribunal Superior do Trabalho  aprova perícia judicial por fisioterapeutas

Decisão inédita do Tribunal Superior do Trabalho aprova perícia judicial por fisioterapeutas

Decisão inédita do Tribunal Superior do Trabalho aprova perícia judicial por fisioterapeutas   O Tribunal Superior do Trabalho (TST), em decisão iné