Porto Velho (RO) segunda-feira, 19 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

TV DIGITAL: Radiodifusão comemora estabelecimento de uma recepção mínima para o desligamento


O setor de radiodifusão ficou satisfeito com o conteúdo da portaria publicada ontem, quinta, 10, que traz as condições e premissas que devem ser observadas para o desligamento do sinal analógico de televisão. A principal razão para o contentamento é a garantia de que o desligamento só acontecerá quando 93% dos lares estiverem aptos a receber o sinal digital.

"A gente estava bastante apreensivo, mas o ministério tem cumprido o papel de manter a política pública e preservar a radiodifusão aberta", declarou o presidente da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Daniel Pimentel Slaviero.

Já a Associação Brasileira de Rádio e Televisão (Abratel) revela que havia solicitado ao ministério que fosse utilizado o percentual apurado pela PNAD de 97%, mas 93% "está dentro do número utilizado em outros países". André Felipe Trindade, engenheiro da Abratel, chama a atenção para parte do texto usada para designar a TV aberta: "sinal, livre, aberto e gratuito". Para ele, o texto garante que não haverá confusão com a TV por assinatura.

Outro motivo de alegria para o setor foi a previsão de que haja campanha para informar a população sobre o desligamento com um ano de antecedência. De acordo com Trindade, esse tempo é razoável para que as pessoas possam se preparar para captar o sinal digital e, além disso, evita uma demanda concentrada em pouco tempo por set-top box ou antenas, o que poderia elevar o preço dos equipamentos.

O presidente da Abert acrescenta ainda a previsão de que os próprios radiodifusores deverão veicular na programação a data do desligamento do sinal analógico, bem como qual será o canal digital da emissora. "As empresas entendem que isso funciona bem. Divide a responsabilidade de comunicar as coisas", afirma

Fonte: Teletimes

 

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual