Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Saindo da terra sem pasto


Saindo da terra sem pasto - Gente de Opinião
João Antonio Pagliosa

 

Um príncipe de apenas cinco anos aparece na Bíblia. Ele é neto do rei Saul, filho de Jônatas.

Ele se chama Mefibosete...

Mefibosete viveria terríveis momentos...

Mas, quando menino, o pequeno Mefibosete tinha tudo a sua disposição, e tinha muitas pessoas que o cuidavam. Afinal, era um princípe! Neto do rei Saul...

Mas vicissitudes alcançam a nossa vida... E Mefibosete, com apenas cinco anos de idade, foi informado que o exército de seu avô fora derrotado pelos inimigos e que seu pai e o rei Saul estavam mortos.

Terrível tragédia se abatia sobre a vida de Mefibosete...

Naquela época, os descendentes do rei eram todos mortos pelos vencedores das batalhas, e a babá de Mefibosete, assim que soube do perigo, pegou-o no colo e saiu em disparada para proteger o príncipe.

Era urgente fugir do palácio para que os inimigos não matassem Mefibosete, entretanto, na pressa, a babá caiu com o menino e o príncipe quebrou ambas as pernas.

 A babá colocou o menino no colo outra vez e saiu em desabalada carreira... O príncipe não poderia ser encontrado pelos filisteus, de jeito nenhum.

Começava o drama de Mefibosete... o menino ficaria aleijado pelo resto de sua vida... Não possuía mais nada... Agora a sua família era apenas a sua babá...

E ela o levou para Lo-Debar, ou Terra sem Pasto.

Era lugar miserável, muito sujo e feio. Era ali que habitavam os doentes e aleijados, os quais viviam vida de mendicância e sem nenhuma dignidade. Pobreza absoluta! E tudo aconteceu de um dia para outro.

Mefibosete, outrora um príncipe, agora era um pária, seu horizonte era sombrio, e todos os seus dias eram cinza.

Sobrevivia de esmolas e pequenos serviços que podia realizar... E ele tinha medo de tudo, e o que mais desejava era ser esquecido por todos, queria que ninguém lembrasse que era descendente de Saul, pois isso seria sua sentença de morte.  Vida dura!

Morto Saul, Davi foi elevado ao trono do povo judeu.

E Davi era muito amigo de Jônatas, o pai de Mefibosete. Eram amicíssimos!

Porém, foram os próprios soldados de Davi que mataram os descendentes do rei Saul, e fizeram isso sem o consentimento do rei Davi.

E Mefibosete considerava Davi, um usurpador e um assassino. Pensava que todo seu drama tinha um culpado: O usurpador rei Davi!

E Mefibosete era o único descendente vivo do rei Saul, portanto ele era a única pessoa que tinha direito sanguíneo de ocupar o trono onde Davi se assentara. E ele temia Davi, conhecia sua fama, e vivia paralisado pelo medo de ser descoberto como descendente real.

Meu prezado leitor, não se preocupe com a situação crítica que por ventura esteja vivendo. A preocupação não leva a nada, nada resolve e tudo complica.

Não fique paralisado pelo medo, controle as suas angústias e as suas ansiedades e trabalhe com os dons que possui. Todos nós possuímos dons, portanto descubra o seu, e use-o. Use-o intensa e plenamente! Sempre a serviço dos outros... A recompensa virá naturalmente... Como chuva que cai... E você irá sorrir, de novo!

Mefibosete teve vida muito difícil!

Em 1994 eu tomei a decisão de deixar uma Empresa que amava... A Empresa que me dera muitas oportunidades e que eu servia a vinte e dois anos... Fiz isso, principalmente por dinheiro e até aquele momento, eu nunca tivera problemas com dinheiro...

Eu tomei decisão errada e paguei o preço dessa decisão. Vivi dias difíceis, mas não passei nem perto do que Mefibosete passou...  E nunca reclamei de nada porque sabia que a culpa era só minha! Mea culpa, viventes!

Mas, no deserto e na sequidão, conheci Deus de forma íntima...

E com Deus tornei-me homem imbatível...

 E então, consolidei princípios e me tornei sacerdote, em meu lar... E passei a viver vida em abundância...

Tudo como Deus planejou para homem obediente...

Esvaziei-me de mim...

Aprendi que precisamos educar nossos filhos financeiramente, e que não devemos dar-lhes tudo que pedem...

Ser pai, às vezes exige ser durão... E os filhos, no fundo, entendem isso.

Um dia, Mefibosete foi descoberto como filho de Jônatas e neto do falecido rei Saul. Descobriram que ele morava em Lo-Debar, e Davi ordenou que o trouxessem a sua presença.

Era o seu fim, pensava Mefibosete, enquanto o levam em carruagem puxada por parelhas de cavalos brancos, ao palácio do rei Davi. Que vida ingrata!

Em 2 Samuel 9:6 a 13, conhecemos a lealdade do rei Davi. Esses versículos bíblicos merecem a sua leitura para compreender melhor esse artigo.

E Mefibosete recuperou sua posição social e voltou a comer na mesa do rei de Israel. ALELUIA!

Prezados, a vida de muitos, demora para dar certo. A vida de José do Egito, demorou muito para dar certo. A vida de Daniel, aquele que foi jogado aos leões, demorou muito para dar certo.

E a história da vida de Mefibosete é a história da minha vida, e talvez seja a história da sua vida também.

Cada um de nós perdeu o Éden em função de mordida em fruto proibido... Cada um de nós já viveu em Lo-Debar, numa terra onde não há nenhuma esperança... Todos vivemos momentos difíceis!

Mas viver dificuldades é benção! Porque você está sendo TESTADO!

Mas Davi restaurou Mefibosete...

E Mefibosete se escondia do rei! Por puro medo!

Um medo infundado!

E Deus me restaurou num Encontro em março de 2007... Lá na chácara Tempero da Serra, em Piraquara, PR....

Como Mefibosete que fugia do rei que queria premia-lo, muitos fogem de Cristo que deseja restaurá-lo completamente... Reflita sobre isso! E deixe Deus agir!

E quando estou no chão, me sentindo como cachorro morto, Deus me levanta e me restaura e me faz lembrar que EU sou seu filho...

Porém,  Deus não quer que soframos, nem que nos preocupemos com as coisas desse mundo... Ele quer que nos preocupemos com as coisas do Alto... Com o Reino Dele!

Aí, só aí, iremos comer e viver a Ceia do Senhor, por toda a Eternidade! Pura glória!
 

João Antonio Pagliosa

www.palestrantejoaopagliosa.blogspot.com.br

Curitiba, 29 de setembro de 2016

p.s.: Este artigo foi escrito com base no que ouvi na noite de 26 de setembro de 2016, na ministração de Caco Marucco, na Holy Hour, em Curitiba, PR.

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de