Porto Velho (RO) quinta-feira, 26 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

OPINIÃO: Explicada a resistência do pastor deputado às mudanças na Saúde


OPINIÃO: Explicada a resistência do pastor deputado às mudanças na Saúde - Gente de Opinião“Não dá pra continuar com o povo morrendo nas filas e hospitais sendo sucateados, temos que resolver já.” Frase de Valter Araújo.

Está explicada a resistência tornada pública do pastor deputado Valter Araújo à simples menção de mudanças na gestão da saúde em Rondônia feita pelo governador Confúcio Moura (PMDB). Mudanças quebrariam a espinha dorsal de um esquema suculento, que rende muito a políticos, funcionários públicos e empresários criminosos.

No recente mês de outubro, o agora pastor deputado encrencado com a lei freqüentou rádios e jornais, além de despachar releases para a imprensa, demonstrando preocupação com o servidor da saúde caso a idéia de gestão compartilhada mediante Organizações Sociais (OS) tornasse realidade. Já tinha dito que a saúde seria terceirizada, o que seria ruim para a população, levando deputados aliados a dizer a mesma coisa.

Estava também “preocupado” com o povo. Disse ele: Não dá pra continuar com o povo morrendo nas filas e hospitais sendo sucateados, temos que resolver já.” É texto que colhi no portal Tudo Rondônia, assinado por Eranildo Costa Luna e publicado no dia 19 de outubro.

Infelizmente (e digo assim porque a realidade é dura e a política mundo cada vez mais cínico) nós jornalistas aprendemos a ler nas entrelinhas, e o que o pastor deputado transmitia, em verdade, era um recado ao governo, na defesa de interesses inconfessáveis. Que hoje o distinto público conhece.

Valter Araújo nunca me enganou. Nunca troquei meia dúzia de palavras com ele, mas logo percebi que tudo o que disse e vinha sinalizando em sua meteórica carreira política destilava mentira, demagogia, ambição desmedida, vaidade excessiva e autoritarismo. Bem parecido com seu criador, o senador Ivo Cassol.

E, para muitos incautos e analfabetos políticos, teria usado com sabedoria e em proveito dos eleitores de Rondônia os ensinamentos bíblicos que costuma professar para defender pontos de vista que nada tinham a ver com religião, apenas com racionalidade, justiça e igualdade. Usando o nome de Deus, enganou essa gente o quanto pode.

Políticos como Valter Araújo serão eleitos pra todo o sempre?
 

Modus operandi

Ainda não se sabe se a propina paga a sete deputados era mesmo mensal, se o valor variava e o tempo de duração, mas o modus operandi começou a ser revelado. Ana da 8 utilizou atémensagem via celular (SMS), Zequinha Araújo teria usado meias e cueca – nenhuma inovação – e Saulo da Renascer, segundo a Polícia Federal, gostava de estacionamento de supermercado para receber o quinhão. Ederson “Goteira” faria o pagamento para a deputada Epifânia Barbosa, segundo grampo da PF.
 

Faz sentido

O dinheiro era pago para dar sustentabilidade a Valter Araújo e também, conforme publicado, desestabilizar o governo estadual. Faz sentido. As declarações sobre mudanças na saúde, produzidas por aliados e por José Batista, o adjunto da Saúde já exonerado, tinham claramente esse objetivo na minha avaliação.
 

Necas de providência

Os partidos políticos (PT, PTB, PSDB, PDT, PT do B, PMDB e PR) dos deputados envolvidos na propina não adotaram, até agora, alguma providência em relação ao malfeito da turma. Depois não entendem porque a sociedade acredita cada vez menos neles

Fonte: Mara Paraguassu /  Email: maraparaguassu@amazoniadagente.com.br

 

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de