Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de janeiro de 2021
×
Gente de Opinião

Opinião

O povo elege. O povo deselege


Está na hora de acabar com as oligarquias em nosso país. Nem PT, nem PSDB, nem PV, nem PMDB. Nem Lula, nem Collor. O Brasil precisa mudar: agora o povo é quem vai mandar. O Brasil do povo e não o Brasil dos mandatários.

Vamos criar o dia da deseleição. Será o dia no qual o povo vai deseleger aquele político eleito pelo mesmo povo que for inapto para a política, corrupto, inocente, frouxo ou incompetente.

Não importa se o político completou um dia, ou um ano de mandato. Se não serve, o povo deselege. Rapidamente e sem burocracia, vamos botar na rua quem não fizer o que o povo quer. 

Não como o impeachment. E sim como um grande júri popular composto de milhares de eleitores, que poderão a qualquer momento deseleger, diretamente, aqueles que elegeu, também com o voto direto.

O voto para eleger será o mesmo para deseleger.

No dia da deseleição votaremos contra, da mesma forma que no dia da eleição votamos a favor.

A deseleição será nosso voto contra os bandidos travestidos de políticos. Eles não terão mais garantia de quatro ou oito anos de mandato. O mandato terá a duração de dias. Poderá ser de um dia, de 30 dias, de 200 dias. Poderá. O eleitor decidirá isso, quando quiser.

O Brasil será outro. O Brasil, finalmente, será nosso, será democrático. E, não precisa mais de CPI pra cassar político. Nós mesmos faremos isso, com nossas próprias mãos: mandaremos de volta para casa, ou para a cadeia, aqueles que não fizerem o que prometeram, aqueles que fizerem o mal ao invés do bem.

                                                         [email protected]

Mais Sobre Opinião

O whatsapp é suficientemente seguro? Alternativas! + Uma pergunta talvez descabida!

O whatsapp é suficientemente seguro? Alternativas! + Uma pergunta talvez descabida!

O WHATSAPP É SUFICIENTEMENTE SEGURO? ALTERNATIVAS! Algumas pessoas estão desconfiadas ou mesmo preocupadas, devido às novas regras de privacidade

Comercio e serviços sentem os efeitos da pandemia da Covid-19

Comercio e serviços sentem os efeitos da pandemia da Covid-19

Não precisa ser especialista em coisa nenhuma nem procurar esmiuçar números para saber que o comércio e o setor de serviços são os que mais vêm sentin

Contraste perigoso

Contraste perigoso

Parece piada, mas é verdade. Tem prefeito que se elegeu com um discurso moralizar, porém, mal se sentou na principal cadeira do palácio e já foi cha

O fim de uma excrescência legislativa

O fim de uma excrescência legislativa

Em boa hora, o Supremo Tribunal Federal (STF), acionado pela Procuradoria Geral do Estado, colocou uma pá de cal nos pagamentos de proventos e pensõ