Porto Velho (RO) quarta-feira, 2 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

No Natal, tudo muda


 No Natal, tudo muda - Gente de Opinião

Cidade do Vaticano (RV) – De novo é Natal. E o nosso olhar neste ano se dirige para aqueles que passarão está noite, que mudou a história da humanidade com o nascimento do Filho de Deus, em meio a situações difíceis, em meio ao som de bombas, gerados pelas guerras e pelos conflitos que ceifam a cada dia vidas humanas. Nosso olhar e pensamento vão também para aqueles que nas nossas grandes cidades padecem a indiferença de uma sociedade cada vez mais opulenta, cada vez mais rumorosa, cada vez mais vazia, cada vez mais egoísta.

Esta Noite Santa nos recorda a importância do outro, a importância do amor, a importância da paz. Nesta Noite nasce o príncipe da paz.

Frequentemente o Natal é uma “festa rumorosa” disse certa vez o Papa Francisco; nos faria bem um pouco de silêncio para ouvir a voz do Amor que nasce. Um choro de criança que marcou a humanidade, numa noite em que nas hospedarias humanas não existia lugar. Teria hoje lugar para nascer nos nossos corações o príncipe? Ou já estaria ele ocupado por outros interesses e momentos efêmeros?

Natal é o momento, como todos os dias, para deixar nascer, entrar Deus no seu coração. Ele bate à nossa porta mas nós muitas vezes não respondemos, não abrimos.

Em um mundo cheio, “embriagado” pelo luxo, pelo consumo, pelo egoísmo, a chegada de Jesus nos pede comportamentos diferentes, sóbrios, para vivermos o essencial. E também, como disse tantas vezes o Papa Francisco, deixar para trás, a “cultura da indiferença”, para direcionar a nossa vida no caminho do outro, da misericórdia. Esse o sentido que deve assumir para a sociedade de hoje a mensagem que aquele Menino envolto em panos e colocado em uma manjedoura vem trazer.

Diante de uma cultura cada vez mais centralizada em si mesmo e na indiferença, e que frequentemente é cruel, o nosso estilo de vida seja cheio de empatia, de compaixão, de misericórdia. “Em um mundo que muitas vezes é duro com o pecador e fraco com o pecado” – disse certa vez Francisco – há necessidade de cultivar um forte sentido de justiça, do buscar e colocar em prática a vontade de Deus.

Com o nascimento do Filho de Deus “tudo muda”, pois este Menino nos ensina o que é verdadeiramente essencial na nossa vida. Nasce na pobreza do mundo, pois para ele não tem lugar na hospedaria. Encontra abrigo em uma estrebaria e é colocado em uma manjedoura onde se alimentam os animais. Essa foi a entrada no mundo do “Senhor do mundo”. Em um lugar insignificante, na periferia do mundo, emerge a luz de Deus, que brilha sobre todos os homens. Tem início ali, naquela noite o caminho da verdadeira libertação do homem.

Todos nós da Redação do Programa Brasileiro queremos expressar a nossa gratidão a todos os nossos ouvintes e leitores que acompanham a Rádio do Papa desejando a todos um Feliz e Santo Natal, repleto daquela esperança que o Menino Deus nos traz. Que ele possa ser fonte de alegria para todos aqueles que passam por dificuldades e que o seu amor preencha o vazio da solidão provocada pelas atitudes deste mundo. Feliz Natal no Senhor, que tudo muda. (Silvonei José)
Fonte: rádio Vaticano

Mais Sobre Opinião

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O TRIBUNAL EUROPEU (TEDH) DÁ ANDAMENTO À  QUEIXA “ACÇÃO CLIMÁTICA” DAS CRIANÇAS PORTUGUESASNo rescaldo de Pedrogão Grande onde o Fogo matou 110 Pessoa

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Acirra-se a briga pela presidência da Câmara Municipal de Porto Velho. O atual presidente Edwilson Negreiros está articulando um grupo forte para gara

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho