Porto Velho (RO) quarta-feira, 25 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

Festival de Cinema anuncia os selecionados de 2014


Gente de Opinião

A Comissão de Seleção, composta por membros da entidade organizadora, foi bastante criteriosa na avaliação final. Foram 250 filmes inscritos para essa edição, sendo escolhidos dos 11 longas, 2 longas-metragens nacionais, 6 médias nacionais,  8 filmes na competitiva mundial, 25 curtas na competitiva nacional e 25 produções inscritas da região Norte. Isso mostra uma boa safra de filmes do cinema brasileiro que estão sendo produzidos, surgindo novos talentos e o Festival de Cinema Curta Amazônia avança criando mais espaço para essa imensidão de filmes que o Brasil e exterior estão produzindo aos cinéfilos de plantão. Formando platéia e cativando o público rondoniense cada vez mais.

Na avaliação da Curadoria de Seleção, o cinema brasileiro e demais países inscritos enviaram ótimos filmes sem comprometer a qualidade, se tivéssemos mais espaços de exibição teríamos mais filmes na competição. Mais informações no www.curtamazonia.com.

SELETIVA LONGA NACIONAL :

- “Amazônia Desconhecida”, doc, São Paulo – SP.

- “Os tubarões de Copacabana”, ficção, Rio de Janeiro – RJ.

SELETIVA MÉDIA NACIONAL

- “Manchik”,  ficção, Juazeiro – BA.

- “A dama do Estácio”, ficção, Rio de Janeiro – RJ.

- “Mestre Damasceno – O resplendor da resistência Marajoara”, doc, Belém – PA.

- “Balatais de Saudade”, doc, Macapá – AP.

- “Flor brilhante e as cicatrizes da pedra”, doc, Cuiabá - MT.

- “Maldito, bendito ouro”, doc, Nova Mutum Paraná – RO.

SELETIVA MUNDIAL:

- “Memórias de Cárcere”, animação, Avaré – SP.

- “Hotel Farrapos”, animação, Porto Alegre – RS.

- “Brasil”, ficção, Curitiba – PR.

- “O muro da vida”, ficção, Maputo – Moçambique.

- “Andes Água Amazônia”, doc, Rio de Janeiro – RJ.

- “Silêncio”, ficção, Avanca – Portugal.

- “Dona Tututa”,  doc, Lisboa – Portugal.

- “Inominável”, ficção, Campina Grande – PB.

SELETIVA DE CURTA NACIONAL

- “Hidrelétricas do Tapajós”, doc, Rio de Janeiro – RJ.

 - “Marcelo”, doc, Santos – SP.

- “Magela, o poeta”, doc, Curitiba – PR.

- “Se eu demorar uns meses”, doc, São Paulo – SP.

 - “Serenkato – O canto da Floresta”, doc, Boa Vista – RR.

- “Sonho e pesadelo”, ficção, Manaus – AM.

- “Le mur”, ficção, Cuiabá – MT.

- “Retratos”, ficção, Salvador – BA.

- “Sorry”, ficção, Porto Alegre – RS.

 - “3,60”, ficção, Cuiabá – MT.

- “20 por 30”, ficção, Pelotas – RS.

- “Na ponta do dedo”, ficção, Pelotas – RS.

- “Alex Domingos – por ela”, clipe, Salvador – BA.

- “Cultura raiz, semente digital”, clipe, Curitiba – PR.

- “Jujubas – junto de você”, clipe, Curitiba – PR.

SELETIVA DE CURTAS - ANIMAÇÃO:

- “O turista – Sad Nessie”,  animação, São Paulo – SP.

- “Turma do Jambu – Seu Lobo”, animação, Belém – PA.

- “Graffiti Dança”, Animação, 6’, São Paulo-SP.

- “Navegar”,  animação, Avanca – Portugal.

- “Os guardiões das florestas”,  animação,  Avanca – Portugal.

- “Paleolito”, animação, Rio de Janeiro – RJ.

- “Paluí”, animação,  Avanca – Portugal.

- “A escada”, animação, Recife – PE.

- “O menino que sabia voar”, animação, São Paulo – SP.

- “Matando cachorro a grito”, animação, Curitiba – PR.

 - MOSTRA “Olhar de Cinema na Amazônia”:

- “Bregilane – Me cutuca”, animação, Belém – PA.

- “Bregilane – Tem pobre ligando prá mim”, animação, Belém – PA.

- “Turma do Jambu – Seu Lobo”, animação, Belém – PA.

- “Serenkato – O canto da Floresta”, doc, Boa Vista – RR.

- “Um certo jacaré”, doc, Castanhal – PA.

- “Graduação”, de Marcio Nascimento, ficção, Manaus – AM.

- “H20”, ficção, Manaus – AM.

- “Lady Murphy”, ficção, Manaus – AM.

- “Sonho e pesadelo”, ficção, Manaus – AM.

- “Um ombro amigo”, ficção, Cacoal – RO.

- “A fim de um bullyng?”, curta, Porto Velho – RO.

- “FotografAMdo – Edição especial”, exp, Manaus – AM.

- “Abra os olhos”, ficção, Ananindeua –PA.

- “O mistério da casa 132”, ficção, Porto Velho – RO.

- “A festa do Sairé de Alter do Chão”, doc, Macapá – AP.

- “Agricultores do Vale do Juruá”, doc, Cruzeiro do Sul – AC.

- “Artistas – um espetáculo urbano”, doc, Manaus – AM.

- “Balatais de Saudade”, doc, Macapá – AM.

- “Caminhos da videorreportagem no Amazonas”, doc, Manaus – AM.

- “Das barrancas do rio Cariá”, doc, Belém – PA.

- “Índios na cidade, vidas em travessia”, doc, Boa Vista – RR.

- “Maldito, bendito ouro”, doc, Nova Mutum Paraná – RO.

- “Mestre Damasceno – O resplendor da resistência Marajoara”, doc,  Belém –PA.

- “Técnicas de produção para agricultura familiar – Amapá”, doc, Cruzeiro do Sul – AC.                                               

- “Expedição Caraparu”, doc, Belém – PA.

Competitiva Rondoniense:

- “Um ombro amigo”, ficção, Cacoal – RO.

- “A fim de um bullyng?”, curta, Porto Velho – RO.

- “O mistério da casa 132”, ficção, Porto Velho – RO.

- “Maldito, bendito ouro”, doc, Nova Mutum Paraná – RO.

Fonte: Ascom

 

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de