Porto Velho (RO) domingo, 18 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Exposição de peixes do rio Madeira desperta memória culinária de visitantes


Exposição de peixes do rio Madeira desperta memória culinária de visitantes - Gente de Opinião
                                                                   PIRARARA


Esta é a última semana para visitar a exposição “Peixes do rio Madeira”, que está sendo realizada na área de eventos do shopping, até sábado dia 31. Dez espécies de peixes fazem parte da mostra, que reúne aqueles peixes que são os mais conhecidos ou de valor comercial.

A mostra também está mexendo com a imaginação gastronômica das pessoas. A jornalista Edina Silva, por exemplo, falava à amiga que a acompanhava, sobre como preparar a espécie surubim ou pintado.

A cozinheira e a auxiliar de um dos restaurantes da praça de alimentação conversavam sobre as características de cada uma das espécies: - O pacu, bem temperado, “ticadinho” e frito, é uma delícia... Já a piranha é “remosa”. – Já eu prefiro o tambaqui em vários pratos e o pintado, que quase não tem espinha. Agora bom mesmo é o pirarucu seco...

Pescadores amadores também param na frente dos aquários e falavam sobre as características na pesca de algumas espécies, como a pirarara, que “briga muito” quando fisgada. Mas teve quem disse gostar de pescar a pirara justamente por esta característica de resistir ao pescado. Um pescador afirmou ter fisgado um pirarucu maior que ele, que disse ter 1,7m de estatura.

Gente de Opinião

As espécies tambaqui, jatuarana(foto), e pirarucu são muito apreciadas na culinária regional. Esses e outros pescados do rio Madeira podem ser encontrados nos tradicionais Mercado Central, Mercado do Km 1 e no Mercado do Cai n’Água.

Para a Santo Antônio Energia, o objetivo da mostra está atendendo às expectativas, que é despertar a curiosidade das pessoas e, ao mesmo tempo, compartilhar conhecimento sobre cada uma das espécies, bastante tradicionais em Porto Velho.


Fonte: José Carlos Sá

 

Mais Sobre Opinião

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.

Brasil,  192 anos dos Cursos  Jurídicos  Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

Brasil, 192 anos dos Cursos Jurídicos Salve o dia 11 de agosto, dia dos advogados

O Brasil, último país a acabar com a escravidão tem uma perversidade intrínseca na sua herança, que torna a nossa classe dominante enferma de desigual