Porto Velho (RO) segunda-feira, 23 de novembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

EBC quer ampliar produção de conteúdo para a Amazônia


 Gente de Opinião

Para o diretor-presidente da EBC, apesar de ser estratégica para o país, a região amazônica é pouco noticiada pela imprensa em geralArquivo/Agência Brasil

A Empresa Brasil de Comunicação (EBC) quer ampliar os investimentos e aumentar a produção de conteúdo jornalístico próprio nas emissoras da região amazônica, anunciou hoje (26) o diretor-presidente, Américo Martins, em entrevista às rádios EBC. Ele destacou ainda a importância da comunicação pública.

“A comunicação pública merece uma atenção especial porque ela tem uma função distinta, um objetivo claro de ser independente, isenta, equilibrada. Mas todos esses veículos precisam ter mais relevância e, para consolidar a relevância, isso se dá através de mais briga por audiência, conquistar mais corações e mais mentes para esse produto que a gente faz”, disse.

Américo Martins quer ampliar e fortalecer a rede pública de rádios, que começou ser montada na gestão anterior, por meio de parcerias. “É uma das prioridades o fortalecimento da rede pública de rádios que pode ir além das rádios universitárias e comunitárias. Tem outras emissoras públicas que podem fazer parte dessa rede, como acontece na rede de televisão que foi a primeira que criamos”.

Ao destacar a função essencial das rádios da região amazônica, Martins disse que a proposta é aumentar a produção de conteúdo jornalístico próprio de forma a contribuir para a comunicação entre a Amazônia e o restante do país.

O diretor-presidente da EBC considera que a região é estratégica para o país, porém, pouco noticiada pela imprensa em geral. “Contamos com parceiros na região toda, mas gostaria de ter mais reportagem própria nossa. Gostaria de ter mais jornalistas viajando pela Amazônia, baseados na Amazônia. A intenção é não só que essas pessoas colaborem com a Rádio Nacional da Amazônia, mas tragam assuntos da Amazônia para o resto do Brasil”, afirmou.

A digitalização das rádios também foi tema da entrevista com os comunicadores da EBC. Martins lembrou que o governo brasileiro ainda não definiu o modelo que deverá ser adotado no país e disse que estuda parcerias com outras emissoras para melhorar o sinal de transmissão da AM, que, segundo ele, tem sofrido com o aumento dos níveis de interferência. “A questão da qualidade do sinal da AM é muito complicada, especialmente nas grandes cidades”, disse.

Martins assumiu a presidência da EBC há duas semanas e respondeu, nesta quarta-feira, a perguntas de comunicadores das rádios Nacional de Brasília, Nacional da Amazônia, Nacional do Alto Solimões e MEC AM do Rio de Janeiro. A entrevista foi retransmitida, também, pela Nacional FM de Brasília, Nacional AM do Rio de Janeiro e MEC FM do Rio de Janeiro.

O presidente da EBC destacou a importância de ampliar e consolidar a relevância dos veículos da empresa junto ao público. A EBC é integrada por oito emissoras de rádio, pela TV Brasil, duas agências de notícias, a Agência Brasil e a Radioagência Nacional, a TV Brasil Internacional.

Fonte: Yara Aquino - Repórter da Agência Brasil
 

Mais Sobre Opinião

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Hildon Chaves deverá vencer as eleições muito facilmente, se a Cristiane não se reposicionar junto aos eleitores

Até o momento, ao que tudo indica, parece que a definição sobre quem será o próximo prefeito ou prefeita de Porto Velho é “favas contadas”. O atual

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Respeito a decisão do Vinícius, mas não concordo

Recebi de um amigo um vídeo em que o candidato à prefeitura de Porto Velho, Vinicius Miguel - em quem votei no primeiro turno da eleição de domingo (1

Os náufragos de 2020

Os náufragos de 2020

Não foi apenas o presidente Jair Bolsonaro que saiu perdendo nas eleições municipais de 2020. A esquerda foi massacrada nas urnas. Exemplo disso é o

O recado das urnas

O recado das urnas

A renovação substancial da Câmara Municipal de Porto Velho, além da decepção causada a muitos dos que atualmente exercem mandato de vereador, há de