Porto Velho (RO) sexta-feira, 23 de agosto de 2019
×
Gente de Opinião

Opinião

Dos Bobos da Corte e de Um País Que Não Decola


 

Em outros tempos os donos do poder, especialmente reis e imperadores,
possuíam bobos da corte para alegra-los, e animar suas festas. Eles
viviam

na corte mas precisavam quebrar a monotonia e tinham que fazer as
pessoas gargalharem bastante. Bobos da corte eram muito
requisitados...

Nos dias atuais temos muitos políticos profissionais que vivem à
margem da lei, eles são alunos assaz aplicados em maracutaias e em
clientelismo político. Estes profissionais da nossa política
raciocinam mais ou menos assim: “Que se exploda! Eu quero é me dar
bem.”

E para nosso azar, eles são muitos prezado leitor...

E estes loucos seguem suas vidinhas com seus projetos ambiciosos e
maquiavélicos, “ad eternum”. Não obstante, ninguém engana a todos todo
o tempo, e nossa classe política se encanta com os bobos da corte
atuais... Porque dependem muito deles e de seus preciosos votos.

Nicolau Maquiavel escreveu “O Principe”. O comunista italiano Antonio
Gramsci baseou-se fundamentalmente em “O Princípe”, para escrever “Os
cadernos do cárcere”.

Os ensinamentos contidos no livro "Cadernos do cárcere", é a linha
mestra da ideologia política que vimos estabelecida no Brasil, desde a
primeira posse do apedeuta. Aquele de nove dedos, réu condenado na
Lava Jato, que jura ser o homem mais honesto do Brasil.

Dilma seguiu a cartilha gramsciana, mas ela era burrinha demais! E foi
impinchada, e assumiu Temer... Um presidente que tenta
desesperadamente fazer o que precisa ser feito, mas o seu retrospecto
é muito indecente e as denúncias vem e vão, como as ondas do mar...

Na Bíblia está escrito que “convém antes obedecer a Deus que ao
homem”. E os teólogos (bobos) da corte eram esta casta clerical assim
denominada, porque obedeciam ao rei mesmo quando o rei ditava regras
contrárias a lei de Deus. Os bobos da corte concordavam com o rei
porque não queriam perder sua posição no reino, muito menos sua parte
nas riquezas. Riqueza sempre gerada pelo povo laborioso e servil.
Os clérigos nos tempos medievais, mas não é diferente hoje,
desobedeciam a Deus, para agradar o rei. Sandice à toda prova!
Com o que tenho visto, não tenho nenhuma dúvida que o PT  e a maioria
de nossos partidos, e a quase totalidade de nossos homens públicos
perderam todos os limites da moralidade e da decência.

Sempre respeitei as autoridades constituídas e tenho orado por elas,
mesmo quando roubam e saqueiam, porque reconheço princípios.

Obediência aos poderes constituídos é um deles, entretanto não podemos
ser obedientes a leis, ou preceitos dos homens, quando eles  ferem
princípios divinos, e seguem em sentido diametralmente oposto às leis
instituídas pelo criador de todas as coisas.

Em síntese: Eu não posso agradar ao homem, se isso desagradar a Deus.
Ninguém que segue Jesus pode desistir dele e andar por outros
caminhos. Isto equivaleria a crucificá-lo outra vez!

Assim, creio que a desobediência civil, àqueles que hoje nos governam,
antes de rebeldia, é um dever dos verdadeiros cristãos. Dos cidadãos
honrados.

Aqueles que nos governam tentam desesperadamente manter-se no poder.
Tentam instituir inverdades como verdades. Alguns defendem aqueles que
sofrem de “incontinência fecal reversa” e induzem os heterossexuais a
reverem seus conceitos, e alegam que o importante é ser feliz. Puxa,
que loucura!

Não sou homofóbico, amo todas as criaturas criadas por Deus, mas não
posso deixar de admoestar que sexo entre pessoas do mesmo sexo é
ignomínia, aos  olhos de Deus. E isso está escrito com clareza na
Bíblia!

Vejo no amor o mais lindo dos sentimentos. Não consigo ser passivo
quanto tentam deturpar o amor!

Não consigo ser passivo quando vejo que segundo pesquisas, apesar de
tudo que já vimos, Lula ainda é a preferência dos brasileiros para as
próximas eleições. Eu sou assim e me constranjo com tanta falta de
entendimento.

Eu sou assim, e me constranjo quando observo idiotas úteis defender a
ideologia de gênero? Porque vocês não vão trabalhar? Porque não fazem
algo útil a sociedade?

Dos Bobos da Corte e de Um País Que Não Decola - Gente de Opinião

João Antônio Pagliosa

Mais Sobre Opinião

O bom do silêncio

O bom do silêncio

Bolsonaro disse que não adianta exigir dele a postura de estadista, por que não é estadista.

Meu cargo, minha vida

Meu cargo, minha vida

Bolsonaro se revelou um profundo conhecedor da natureza humana

Cada quadrado no seu quadrado

Cada quadrado no seu quadrado

Os argentinos são como são. E não querem nem aceitam conselhos.

Feliz dia de quem matou os pais!

Feliz dia de quem matou os pais!

Dia em que Suzane von Richthofen e Alexandre Nardoni estão de férias da prisão.