Porto Velho (RO) quinta-feira, 3 de dezembro de 2020
×
Gente de Opinião

Opinião

A banalização do primeiro Ipad massifica o marketing digital



Fábio Grinberg
 

Lembram quando a LG lançou o primeiro Baby, da Telesp Celular? Quem havia adquirido aquele primeiro aparelho, que mais parecia um tijolo baiano com aba, com luzinhas em enormes pontos verdes, via no Baby a revolução definitiva da telefonia. Puro engano. Depois vieram os Motorolas do tamanho da palma da mão quando fechados e até os dias de hoje, onde o aparelho celular só não faz o serviço de casa. E olha, que se ele tiver bluetooth é capaz de mandar os aparelhos domésticos funcionarem sozinhos.

Atualmente, somos testemunhas de uma nova revolução. A revolução dos tablets. Em especial o Ipad, o primeiro do mercado lançado pela Apple. Um aparelho fino, touchscreen, que pode ser levado para qualquer lugar que você vá. Uma tecnologia móvel pensada que teve seu ponto de partida tanto naquele tijolão baiano, quanto nos computadores pesados que tínhamos anos atrás dentro de casa.

O fato é que o Ipad tornou-se um divisor de histórias no mundo da comunicação informatizada e, principalmente, criou uma nova vertente para o mercado e para o marketing digital, como já tratei nisso em colunas anteriores (A Revolução dos Tablets). Um novo e revolucionário passo, porém, está sendo dado.

Parte de uma semelhança ao tal Baby da Telesp Celular. É a “banalização” ou substituição de uma invenção por uma outra melhor, e a massificação dessa antiga.

Estou falando do Ipad 2. A nova geração de Tablets da Apple, que viu seu mercado cair de forma perigosa depois que outras empresas deram o início à uma concorrência que promete ser quase desenfreada, na venda e comercialização de novos modelos.

Nenhuma delas, por enquanto, traz o nome forte que a poderosa Apple sempre trouxe no mercado, mas fez com seus diretores se mexessem e lançassem a nova coqueluche mundial. Um tablet ainda mais fino, mais confortável, mais rápido e ainda mais funcional.

A previsão de venda para o primeiro trimestre de comercialização era de 5,5 milhões de unidades. Acha muito? Em apenas três dias de vendas nos EUA, no entanto, a Apple vendeu 1 milhão de Ipads 2. A sua primeira versão levou quase um mês (28 dias) para atingir essa marca. Tudo ao preço entre a faixa de R$ 800 a R$ 1.500.

Enquanto a camada mais “abastada” de consumidores adquire o novo aparelho, o Ipad 1 vira produto fora de linha e tem seu valor baixado para R$ 300. Preço que pode cair ainda mais. Mesmo a Apple parando de produzi-lo, já existem pelo menos 15 milhões de unidades vendidas em 2010 e que devem ser dadas ou revendidas aos consumidores de menor renda, porém não de menor consumo.

E é aí que entra o ponto fundamental da história para o aumento de lucro da sua empresa: o marketing digital. Hoje, o poder de alcance de uma campanha virtual bem feita pode chegar, no mínimo, repito, no mínimo, a atingir R$ 20 milhões de pessoas. Conto somente o número de Ipad 2 vendidos e os 15 milhões vendidos no ano passado!

Agora pense em celulares, notebooks, netbooks, computadores de mesa e televisores com acesso direto à internet. São milhares de possibilidades e, com elas, centenas de concorrentes.

Por isso, se você não tem uma campanha de marketing digital e nem uma ação virtual efetiva, é hora de repensar o quanto sua empresa pode estar deixando de ganhar, ou as conseqüências que ela pode sofrer mais à frente, com os concorrentes já adaptados a esse novo mercado.

É hora dos empresários mais tradicionalistas darem vazão e razão ao mundo digital. De perceber que seu negócio precisa ser massificado na cabeça desse consumidor digitalizado que, por sua vez, está apto a receber milhões de informações por minuto ao ter a possibilidade de acessar a internet de qualquer parte do mundo e a qualquer hora. Internet nunca foi tão business como agora. O investimento se faz necessário para que o retorno venha cada vez mais rápido.

Um dos exemplos que tenho nesta semana é da empresa Hidromix, do empresário Antônio Cícero Soares.A desentupidora 24 horas que está há 18 anos no mercado. O proprietário investe todo o lucro em uma campanha de Seo para se manter de forma sustentável nas primeiras colocações do Google. Basta realizar a busca com as palavras “desentupidora 24 hs” para perceber que a empresa aparece, atualmente, no terceiro lugar da pesquisa orgânica (gratuita e espontânea). É uma conquista obtida em apenas três semanas, através de projetos e ações detalhadas de um profissional especializado. Pense nisso!!!

O que você pensa sobre o assunto? Entre em meu site e blog e confira: www.fabiogrinberg.com.br e www.topgoogle.com.br.
 

Mais Sobre Opinião

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O tribunal europeu (TEDH) dá andamento à queixa "Acção Climática" das crianças portuguesas + Restauração de Portugal independente

O TRIBUNAL EUROPEU (TEDH) DÁ ANDAMENTO À  QUEIXA “ACÇÃO CLIMÁTICA” DAS CRIANÇAS PORTUGUESASNo rescaldo de Pedrogão Grande onde o Fogo matou 110 Pessoa

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Começou a batalha pela presidência da Câmara em Porto Velho

Acirra-se a briga pela presidência da Câmara Municipal de Porto Velho. O atual presidente Edwilson Negreiros está articulando um grupo forte para gara

Sua Excelência a abstenção

Sua Excelência a abstenção

Independente de quem saía consagrado das urnas no segundo turno do pleito para a prefeitura de Porto Velho (Hildon Chaves ou Cristiane Lopes), certo

A cidade foi a grande ausente no debate

A cidade foi a grande ausente no debate

Se o Ibope estiver certo em sua aferição, o prefeito Hildon Chaves (PSDB) vai permanecer por mais quatro anos no comando do município de Porto Velho