Porto Velho (RO) segunda-feira, 15 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

População paraguaia dividida quanto a apoio a Lugo


Daniella Jinkings
Agência Brasil

Brasília – A população paraguaia está em alerta com a crise política no país após a aprovação de uma proposta inesperada de impeachment contra o presidente Fernando Lugo. Amanhã, ele será julgado pelo Senado paraguaio. De acordo com o economista paraguaio Gustavo Marecos, 26 anos, a opinião da população sobre o futuro do país está dividida. “Há pessoas que vão apoiar e [outras] que não vão apoiar [o presidente] amanhã. Pessoas do interior estão se preparando para vir [à capital para manifestações]”.

O economista informou à Agência Brasil, por telefone, que o comércio do centro da capital Assunção fechou mais cedo e as instituições públicas liberaram os funcionários no meio da tarde. Além disso, há militares e policiais guardando a área do Palácio do Governo. “Temos de tomar precaução. Não é um dia comum”.

A abertura do processo político foi motivada por um conflito ocorrido na última sexta-feira (15) em uma fazenda do Nordeste do país que matou 17 pessoas, entre camponeses e policiais. Segundo o economista, o conflito está repercutindo muito no país. “O sentimento da população é de tristeza desde sexta-feira”.

O pedido de impeachment, liderado pela Partido Colorado, que faz oposição a Lugo, foi aprovado por 76 votos a favor e 1 contra. Três parlamentares estavam ausentes. Ao menos cinco ministros paraguaios já renunciaram aos cargos. De acordo com a Agência Pública de Notícias do Paraguai, a IP Paraguay, centenas de pessoas estão em frente ao Congresso Nacional paraguaio para repudiar o impeachment de Lugo.

Moradora de Assunção, a estudante brasileira Thaís Vieira, 15 anos, disse que a população paraguaia está atenta à situação do país. “Estamos em alerta por causa das manifestações. Estão ocorrendo muitas manifestações, tanto a favor quanto contra. As principais manifestações são dos camponeses”, disse à Agência Brasil.

O Senado paraguaio, que assumiu ontem o papel de um tribunal político, vai decidir na tarde de hoje (22) o futuro do presidente Fernando Lugo. A partir do meio-dia (13h em Brasília), Lugo terá duas horas para apresentar sua defesa e, às 16h30 (17h30 em Brasília), os senadores vão se pronunciar sobre o processo de impeachment do presidente.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe