Porto Velho (RO) sexta-feira, 12 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Parlamentares analisam adesão da Bolívia ao Mercosul


Renata Giraldi e Danilo Macedo
 Agência Brasil

Brasília – Nos próximos dias, os parlamentos do Brasil, da Argentina, do Uruguai e da Venezuela deverão receber o pedido da Bolívia de adesão ao Mercosul. Na prática, a Bolívia negocia para ser o sexto integrante do bloco. O processo foi mais rápido do que o esperado porque o presidente boliviano, Evo Morales, antecipou-se em relação a várias etapas e assinou hoje o Protocolo de Adesão do Estado Plurinacional da Bolívia ao bloco.

Pelo cronograma habitual, antes da assinatura do protocolo, há sondagens, consultas informais e a elaboração do texto vinculativo que dá forma ao documento final. Morales, porém, acelerou as etapas que antecedem a assinatura do protocolo agilizando as negociações para a inclusão da Bolívia ao Mercosul.

A próxima etapa está sob responsabilidade dos parlamentos de cada integrante do bloco. No caso do Paraguai, que está suspenso do Mercosul até abril de 2013, uma vez reintegrado ao bloco, o país submeterá ao seu parlamento o pedido de adesão da Bolívia.

Não há uma fixação de prazos. Um candidato a membro pleno no Mercosul só é aceito se houver a aprovação de todos os parlamentos. A decisão tem de ser unânime. A expectativa, segundo negociadores, é que, em quatro anos, a Bolívia seja aceita como país membro pleno do Mercosul.

No caso da Venezuela, houve um impasse no Brasil e no Paraguai. No Brasil, o Congresso Nacional aprovou a adesão da Venezuela, mas o Parlamento do Paraguai até hoje não chancelou o ingresso dos venezuelanos.

O processo de inclusão da Venezuela no Mercosul levou seis anos, começou em 2006 e terminou em julho. Atualmente o Equador, o Suriname e a Guiana negociam para se tornarem membros plenos do bloco. As negociações estão adiantadas com o Equador que provocou duas etapas de consultas informais entre especialistas do bloco e equatorianos.

O Mercosul é formado pelo Brasil, pela Argentina, pelo Uruguai, pela Venezuela e pelo Paraguai - que está suspenso do bloco. O Chile, o Equador, a Colômbia, o Peru e a Bolívia estão no grupo como países associados.Com os venezuelanos, o Mercosul tem um Produto Interno Bruto (PIB) de US$ 3,32 trilhões. A população é 275 milhões de habitantes.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe