Porto Velho (RO) quarta-feira, 1 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Papa Francisco pede paz no Oriente Médio, no Iraque e na Ucrânia


 
Sabrina Craide
Agência Brasil

O papa Francisco pediu hoje (27) que as autoridades do Oriente Médio, do Iraque e da Ucrânia busquem o caminho da paz, o bem comum e o respeito pela pessoa, “abordando cada disputa com a tenacidade do diálogo e da negociação e com o poder da reconciliação”.

Em discurso no Vaticano, após a oração do Angelus, ele disse que o centésimo aniversário da eclosão da Primeira Guerra Mundial será lembrado amanhã (28) e que espera que os erros do passado não se repitam.

“Que no centro de cada decisão não coloquem interesses particulares, mas o bem comum e o respeito pela pessoa. Lembrem-se que tudo está perdido com a guerra e nada se perde com a paz”, disse o pontífice aos fiéis reunidos na Praça São Pedro.

Francisco também lembrou que as crianças perdem a esperança de uma vida descente com a guerra. “Penso, principalmente, nas crianças, das quais se tira a esperança de uma vida decente, um futuro de mortes de crianças, crianças feridas, crianças mutiladas, crianças órfãs, crianças que têm como brinquedos materiais bélicos, crianças que não sabem sorrir. Parem, por favor! Peço-vos com todo o meu coração. É hora de parar! Parem, por favor!”, disse o papa.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia