Porto Velho (RO) sexta-feira, 10 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Oposição exige informações sobre saúde de Chávez


Renata Giraldi*
Agência Brasil

Brasília – A principal coligação da oposição na Venezuela exigiu hoje (2) que o governo informe sobre a “verdade” envolvendo o estado de saúde do presidente venezuelano, Hugo Chávez. Desde o dia 11, Chávez está hospitalizado em Havana, Cuba, para tratamento contra um câncer. Ele foi submetido a uma cirurgia para a retirada de um tumor maligno na região pélvica, teve hemorragia e complicações respiratórias. As informações são transmitidas por assessores.

“É essencial que o governo atue de uma forma que transmita confiança. É essencial que diga a verdade sobre o estado de saúde do presidente”, cobrou o secretário-geral da Mesa de Unidade Democrática, Ramón Guillemo Aveledo.

Ontem (1º) o vice-presidente venezuelano e presidente interino do país, Nicolás Maduro, disse que Chávez está “consciente da complexidade” de seu estado de saúde. A afirmação é uma resposta às informações de que Chávez estaria vivo graças a aparelhos, pois seu estado de saúde teria piorado nos últimos dias.

A posse para mais um mandato presidencial de Chávez está marcada para o dia 10. Mas as incertezas cercam o tema. Chávez, de 58 anos, está no poder desde 1999. No último dia 8, ele anunciou que o câncer reincidiu e seria obrigado a fazer uma cirurgia de urgência. O presidente pediu apoio dos venezuelanos na eventualidade de Maduro ficar no poder.

*Com informações da agência pública de notícias de Portugal, Lusa
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia