Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Morales expulsará 3 mil brasileiros


O Brasil tem uma posição elogiável na questão dos imigrantes. São milhares e milhares, abrigados sob o manto do respeito e da solidariedade. Recentemente, aliás, o governo abriu as portas para regularizar a situação de um grande número de pessoas que, vindas de outros países, aqui encontraram seu novo chão. Já a Bolívia e seu governo que vive ainda nos tempos da Guerra Fria, faz o contrário. Vai expulsar mais de três mil brasileiros – quase todos pobres, a maioria de colonos, seringueiros e castanheiros – que vivem numa área de 50 quilômetros de fronteira, numa região próxima a Rondônia e ao Acre. Algumas famílias estão há mais de três décadas nas terras que em formaram suas vidas e delas sobrevivem. Pois Evo Morales, seguindo ideologia absurda e desumana para com os estrangeiros, deu prazo até dezembro para que todos os brasileiros residentes na área saiam do país, abandonem tudo o que produziram, esqueçam onde viveram e caiam fora. Para que? Para dar a mesma terra a bolivianos que devem ir para a região produzir a folha de coca, uma “riqueza” nacional, essência para a produção de cocaína.

Morales e seu governo têm sorte. Em outras épocas, suas loucuras seriam tratadas como merecem. Mas o atual governo brasileiro quer ser amiguinho de aprendizes de ditador. Então, que se danem os compatriotas que vão perder tudo o que conseguiram na vida! CLIQUE E LEIA A COLUNA "PRIMEIRA MÃO" DO JORNALISTA DE OPINIÃO SERGIO PIRES.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia