Porto Velho (RO) quinta-feira, 16 de agosto de 2018
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

México quer parceria com produtor de etanol do Brasil


Eliane Oliveira, Agência O GloboBRASÍLIA - O México quer atrair empresas brasileiras produtoras de etanol dando, em troca dos investimentos, incentivos fiscais, facilitação na compra de terrenos e possibilidade de exportação, sem restrições, para mercados com os quais os mexicanos têm acordos de livre comércio. São exemplos Estados Unidos - que aplicam tarifa de US$ 0,54 por galão nas importações de álcool do Brasil -, União Européia, América Central, Canadá, Japão, Chile e Colômbia.É esta a parceria proposta pelo presidente do México, Felipe Calderón, a ser transmitida ao governo brasileiro quarta-feira. Entre as autoridades que vêm ao Brasil, estão os titulares das pastas de Minas e Energia, Georgina Kessel, Economia, Eduardo Sojo, e Relações Exteriores, Patricia Espinosa.Leia mais em O Globo.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Mais de 300 jornais norte-americanos se unem contra Trump

Mais de 300 jornais norte-americanos se unem contra Trump

Mais de 300 jornais dos Estados Unidos, entre eles o The New York Times, Dallas Morning News, o The Denver Post, o The Philadelphia Inquirer e o Chica

Turquia dobra tarifas sobre alguns produtos dos EUA; lira se recupera

Turquia dobra tarifas sobre alguns produtos dos EUA; lira se recupera

Um decreto assinado pelo presidente Tayyip Erdogan dobrou as tarifas turcas de carros de passageiros para 120¨%, de bebidas alcoólicas para 140% e de

Imigrantes italianos. Quando os refugiados eram eles -  Por: Equipe Oásis

Imigrantes italianos. Quando os refugiados eram eles - Por: Equipe Oásis

A partir de 1861, cerca de 30 milhões de italianos emigraram em busca da sorte no estrangeiro. Deles, boa parte veio para o Brasil.

Chefe do Pentágono cobra do Brasil maior distanciamento da China

Chefe do Pentágono cobra do Brasil maior distanciamento da China

Com o Brasil reconvertido em quintal dos Estados Unidos, após o golpe de 2016, que entregou riquezas como o pré-sal às petroleiras internacionais e a