Porto Velho (RO) quinta-feira, 2 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Mexicanos protestam contra ação de cartéis no país



Renata Giraldi*
Agência Brasil


Brasília – Uma manifestação ontem (28) à noite reuniu cerca de 4 mil pessoas que protestaram contra a violência causada por grupos criminosos no México. Os manifestantes se concentraram em frente ao palácio do governo do estado de Nuevo León, exigindo a renúncia do governador Rodrigo Medina. Na último dia 25, um atentado ao Cassino Royale, em Monterrey, no Norte do México, deixou 52 mortos.

O crime de Monterrey é atribuído à disputa de poder entre dois cartéis rivais - Los Zetas e do Golfo. Durante o protesto, foram colocados como símbolos os sapatos de algumas das vítimas. As investigações indicam que o crime foi causado por integrantes dos Los Zetas em represália pela tentativa fracassada de extorsão.

Durante o protesto, a maioria dos manifestantes vestia branco e houve um minuto de silêncio.No último dia 25, o Cassino Royale foi incendiado e várias pessoas ficaram presas no interior do prédio e acabaram morrendo por asfixia, pois as saídas de emergência estavam fechadas. Investigações preliminares indicam que pelo menos três homens participaram do crime.

Por determinação do governo federal do México, foram deslocados para a região de Monterrey cerca de 800 militares que reforçarão o sistema de segurança e vigilância na região. O ataque foi considerado o maior desde 2006, quando o presidente mexicano, Felipe Calderón, deflagrou uma ofensiva contra os cartéis de drogas, armas e pessoas.

Calderón e várias autoridades fizeram ontem um ato em homenagem às vítimas do ataque ao Cassino Royale, em Monterrey.

*Com informações das agências públicas de notícias do México, Notimex, e de Portugal, Lusa.//Edição: Graça Adjuto


 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia