Porto Velho (RO) quinta-feira, 11 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Ex-secretária da Coca-Cola é condenada a oito anos de cadeia por oferecer segredos da empresa à Peps


Agência O Globo Uma ex-secretária-executiva da Coca-Cola foi condenada, nesta quarta-feira, a oito anos de prisão por conspiração e roubo de segredos comerciais da empresa. Ela tentou vender informações a sua maior rival, a Pespi, por US$ 1,5 milhão. Entre eles documentos e amostras de produtos que ainda seriam lançados. Joya Williams, de 41 anos, era assistente do diretor de marca globais da Coca. A secretária foi condenada na cidade de Atlanta, onde fica a sede da multinacional. Além de passar oito anos na cadeia, seguidos de outros três de liberdade vigiada, o juiz J. Owen Forrester determinou que Joya pague US$ 40 mil a empresa como indenização. O julgamento, que começou em janeiro e terminou em fevereiro, incluiu o testemunho de um ex-chefe da secretário, de seu ex-marido e de um agente do FBI, que trabalhava disfarçado e que participou da investigação que levou à prisão de Joya e outros dois cúmplices, Ibrahim Dimson de Nueva York y Edmund Duhaney de Decatur, do Estado de Georgia. Dimson e Duhaney foram julgados culpados em outubro. O primeiro foi condenado a cinco anos de prisão e a pagar US$ 40 mil. Já o segundo, ainda não recebeu sua pena. Durante o julgamento, os agentes apresentaram vídeos da vigilância da empresa que mostravam a ex-secretária escondendo documentos da Coca-Cola dentro da bolsa, ainda no seu escritório. Também foram realizadas gravações de ligações telefônicas feitas por Dimson a Joya, pouco depois de ter conversado com o agente do FBI que se fez passar por um representante da Pepsi interessado em comprar os segredos. Duhaney testemunhou que Joya, que também era amiga de sua família, disse que ia receber US$ 150 mil pelos segredos. O plano foi descoberto porque a própria Pepsi entregou à Coca-Cola uma cópia de uma carta que recebeu de uma pessoa ainda não identificada oferecendo as informações confidenciais. Coca-Cola chamou então o FBI, que iniciou as investigações.

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe