Porto Velho (RO) domingo, 29 de março de 2020
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

EUA lançam plano de US$ 700 mi contra tráfico no México



O governo americano anunciou nesta terça-feira os detalhes de um plano de US$ 700 milhões para combater o tráfico de drogas no México.

A maior parte do dinheiro deve ser investido no aumento do policiamento na fronteira entre os dois países, a fim de conter a atuação dos cartéis do tráfico na região.

O plano prevê a ampliação do número de oficiais de imigração, alfândega, de combate às drogas e armas que patrulham a fronteira, assim como uma maior coordenação entre diversas agências americanas e mexicanas.

O governo mexicano também receberá cinco helicópteros dos Estados Unidos como parte da iniciativa.

Os detalhes foram divulgados poucos dias antes da visita ao México da secretária de Estado americana, Hillary Clinton, e em um momento em que aumentam os sinais de que a violência do lado mexicano da fronteira está chegando ao território americano.

Problema crescente

Os governos de ambos os países estão sendo pressionados pela opinião pública para adotar uma política mais coordenada para lidar com o problema.

O México vive uma intensa guerra contra o narcotráfico. Há dois anos, o presidente Felipe Calderón prometeu enfrentar os poderosos cartéis que, segundo ele, ameaçam a estabilidade do país.

A decisão levou a uma escalada da violência, pois quadrilhas rivais enfraquecidas começaram a lutar não apenas contra forças do governo, mas também entre si.

Cerca de oito mil pessoas morreram no México nos últimos dois anos em crimes associados ao tráfico de drogas.

Fonte: BBC BRASIL

Mais Sobre Mundo - Internacional

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisa mostra características de pessoas infiéis

Pesquisadores de universidades americanas sugerem que os potenciais infiéis têm um perfil: Apresentam níveis educacionais e financeiros acima da méd

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

O minério Niobium da Amazônia brasileira desperta cobiça internacional por ser estratégico para as indústrias

Quem pensa que o presidente francês Emmanuel Macron foi o primeiro presidente de uma potência europeia a questionar a soberania brasileira sobre a 

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Suicídio - OMS alerta para adoção de estratégias de prevenção

Dos 183 países integrantes da Organização Mundial da Saúde (OMS), apenas 38 pesquisados pelo organismo, entre eles o Brasil, contam com uma estratégia