Porto Velho (RO) quinta-feira, 11 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Dilma participa da Cúpula América do Sul-África



Luana Lourenço e Danilo Macedo
Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff embarcou hoje (21), no começo da tarde, para Malabo, capital da Guiné Equatorial, onde participará amanhã (22) da 3ª Cúpula América do Sul-África. O encontro vai reunir 54 países africanos e 11 sul-americanos. O Paraguai ficará de fora porque está suspenso da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

O foco das conversas será o fortalecimento de mecanismos de cooperação entre a África e a América do Sul. O comércio bilateral entre as duas regiões cresceu 75% em seis anos – desde a criação do grupo – e movimentou US$ 39 bilhões em 2011, segundo o Ministério das Relações Exteriores. Somente com o Brasil, esse volume atingiu US$ 26 bilhões em 2012.

Amanhã (22), Dilma discursará na abertura da cúpula. Em seguida, participará de almoço com chefes de Estado e, à tarde, da plenária em que os países discutirão estratégias e mecanismos para a cooperação Sul-Sul, principal tema do evento. Ela deve ter reuniões bilaterais com presidentes de países-membros do grupo ao longo do dia.

Após a cúpula na Guiné Equatorial, Dilma seguirá para a Nigéria, na primeira visita ao país como chefe de Estado. A presidenta será recebida na State House, sede do governo nigeriano, na manhã de sábado (23). Além de encontro privado com o presidente Goodluck Jonathan, participará de reunião ampliada e fará uma declaração à imprensa.

Os dois presidentes deverão discutir temas da agenda internacional e do Continente Africano, como a crise no Mali. Na ocasião, o Brasil e a Nigéria deverão adotar mecanismo de diálogo estratégico, que amplia as relações diplomáticas entre as duas nações.

Na tarde de sábado, a presidenta discursará no encerramento de um seminário comercial entre o Brasil e a Nigéria. O país é o principal parceiro do Brasil no Continente Africano. Em 2012, o comércio entre os dois países movimentou US$ 9 bilhões.

A presidenta retornará ao Brasil na noite de sábado. Esta será a segunda visita de Dilma à Àfrica desde o início de seu governo. Em outubro de 2011, ela visitou Moçambique, Angola e a África do Sul. Ainda em 2013, Dilma deve retornar à África duas vezes: em março, para a Cúpula do Brics (grupo que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul), em Durban, na África do Sul; e em maio, para as comemorações dos 50 anos da União Africana, em Adis Abeba, capital da Etiópia.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe