Porto Velho (RO) quarta-feira, 10 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Dilma diz que Brasil poderá ajudar a Argentina


Renata Giraldi e Yara Aquino
Agência Brasil

Brasília - A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (20) que o Brasil não interfere em assuntos internos de outros países, ao ser perguntada sobre a posição brasileira em relação à expropriação da petrolífera YPF pela Argentina. Segundo ela, o governo poderá “ajudar” o país, se a presidenta Cristina Kirchner fizer esse tipo de solicitação. O governo Kirchner é alvo de críticas da União Europeia e dos Estados Unidos devido à estatização, administrada pela Repsol. “De maneira alguma interferiremos, emitiremos opiniões e juízo de valor”, ressaltou.

Dilma acrescentou que desconhece que esse tipo de “pedido” tenha sido encaminhado pelos argentinos aos brasileiros. “O Brasil sempre foi um país que nunca se negou a ajudar quem quer que seja, agora, depende do que for o pedido [pelos argentinos]”, completou, após cerimônia do Dia do Diplomata, no Itamaraty.

Ao longo desta semana, empresas espanholas com investimentos na Argentina anunciaram a suspensão dos negócios no país. Europeus e norte-americanos ameaçam fazer o mesmo, se o governo Kirchner mantiver o plano de expropriação da YPF. Para os argentinos, a expropriação foi a alternativa pois havia desconfianças de investimentos inadequados no país.

O ministro do Planejamento da Argentina designado interventor na YPF, Julio de Vido, está hoje em Brasília para uma série de reuniões com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, e a presidenta da Petrobras, Graça Foster. Mais uma vez, Dilma reiterou apoio à Argentina e defendeu o respeito à soberania nacional.

Porém, a comunidade internacional reagiu mal à iniciativa da Argentina. O Parlamento Europeu aprovou hoje resolução que deve suspender o direito o acesso a privilégios concedido aos produtos argentinos na Europa. As medidas de restrições serão definidas na próxima semana, em reunião de chanceleres.
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe