Porto Velho (RO) segunda-feira, 8 de agosto de 2022
×
Gente de Opinião

Mundo - Internacional

Brasil, Bolívia e Peru firmam parceria para combater crime organizado e tráfico de drogas


Renata Giraldi e Leandra Felipe
Repórteres da EBC

Brasília e Bogotá (Colômbia) – Na tentativa de enfrentar o crime organizado e o tráfico de drogas nas regiões de fronteira do Brasil, da Bolívia e do Peru, os governos dos três países firmaram ontem (7) acordo de cooperação mútua. A parceria estabelece ações por terra, pelo ar e pela água. A iniciativa ocorreu durante reunião de autoridades dos três países, em La Paz, capital boliviana.Brasil, Bolívia e Peru firmam parceria para combater crime organizado e tráfico de drogas - Gente de Opinião

O acordo prevê o controle dos espaços aéreo, terrestre e marítimo, além dos lagos e rios, assim como dos pontos de passagem de fronteira. A ideia é incluir dispositivos com troca de informações e mecanismos de inteligência, assim como treinamento específico de pessal.

Participaram das reuniões ontem, em La Paz, o ministro de governo da Bolívia, Carlos Romero, a secretária executiva do Ministério da Justiça, do Brasil, Marcia Peligrini, além dos ministros de Interior, Wilfredo Pedraza, e da Justiça e Direitos Humanos do Peru, Rivas Eda Franchini. Na ocasião, eles assinaram ato criando o Grupo de Trabalho Trilateral.

"Expressamos nossa profunda gratidão pelo esforço e pela vontade política demonstrados pelas delegações do Brasil, Peru e da Bolívia, em conjunto, para enfrentar o tráfico de drogas e o crime organizado transnacional", disse Romero após a reunião.

Segundo o ministro boliviano, o ato define ações integradas que visam a uma “guerra contra as drogas” a partir de medidas técnicas determinadas no “mais alto nível político dos governos dos três países”. O grupo de ação, de acordo com ele, vai preparar uma proposta para um Fundo Trilateral que reunirá recursos financeiros a serem aplicados nas ações.

O ministro do Interior do Peru, Wilfredo Pedraza, ressaltou que o crime organizado e o tráfico de drogas são fenômenos internacionais e cabe às autoridades buscar o aprimoramento de recursos para combatê-los. Marcia Peligrini destacou que o governo da presidenta Dilma Rousseff está empenhado em trabalhar em uma agenda comum contra o tráfico de drogas.

*Com informações da agência pública de notícias da Bolívia, ABI
 

Mais Sobre Mundo - Internacional

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Missão em Israel proporciona grande experiência de fortalecimento comercial com produtos de Rondônia

Uma missão para um país como Israel, que se reinventou superando adversidades naturais e políticas, torna-se de grande relevância estratégica para est

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

Em Tel Aviv, potenciais de Rondônia são apresentados para empresários em Missão Internacional do Sebrae

A Missão Internacional Israel, promovida pelo Sebrae em Rondônia deve gerar grande frutos em breve. Empreendedores rondonienses compuseram a comitiv

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Ômicron deve infectar mais da metade da Europa em 6 a 8 meses, segundo a OMS

Mais da metade da população europeia deve ser infectada pela variante Ômicron do coronavírus nas próximas seis a oito semanas, disse nesta terça-fei

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

MSF encontra 10 mortos em barco de madeira à deriva no Mediterrâneo

Em 16 de novembro, durante uma difícil operação de busca e resgate a menos de 30 milhas náuticas da costa da Líbia no Mediterrâneo Central, a equipe