Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Veículos e drones são entregues para promover o licenciamento rural e combater crimes ambientais em Rondônia


22 veículos foram entregues para os escritórios regionais - Gente de Opinião
22 veículos foram entregues para os escritórios regionais

Para promover o licenciamento rural e combater os crimes ambientais, com monitoramento e controle das reservas florestais, o Governo de Rondônia economizou, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Ambiental (Sedam), e investiu mais de R$ 3 milhões em 22 caminhonetes e 20 drones, que foram entregues em uma solenidade na terça-feira (18), no Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, e contribuirão com o trabalho dos agentes de fiscalização e combate às queimadas e desmatamento no Estado.

Rondônia conta com 14 escritórios regionais de Gestão Ambiental, que agora estão equipados com caminhonetes tracionadas e veículos menores para garantir a preservação dos recursos e auxiliar nos processos de licenciamento ambiental em todo o Estado.

Os equipamentos foram adquiridos por fundo próprio da Sedam e por fonte de compensação ambiental para aplicação direta em Unidades de Conservação. R$ 2.786.900,00 em veículos e R$ 494.262.000,00 em drones, tablets e baterias. “Os equipamentos vão proporcionar uma economicidade grande para o Estado, uma vez que, com a utilização dos drones, teremos melhores imagens, diminuição nos custos das missões, maior cobertura, e qualidade do controle e fiscalização de áreas desflorestadas”, explicou o coordenador Marcos Trindade.

As imagens captadas pelos drones são analisadas no laboratório da Sedam, contribuindo pra fiscalização e monitoramento, como em casos de operações dentro de unidades de conservação, auxiliando na detecção de qualquer delito ou invasor dentro da área, com equipes direcionadas por coordenadas emitidas pelos equipamentos. Tablets e baterias também foram adquiridos para melhor autonomia de vôo. Os drones atuarão em todas as reservas e operações da Sedam, como também em ações de fiscalização e monitoramento e licenciamento ambiental.

20 drones foram adquiridos pelo Governo de Rondônia. - Gente de Opinião
20 drones foram adquiridos pelo Governo de Rondônia.

Os veículos entregues facilitarão o trabalho na realização de vistorias para emissão de licenciamento ambiental e vistorias para emissão da regularidade ambiental (pré-requisito para regularização fundiária), assim como “ajudará o trabalho dos agentes da Sedam e Polícia Ambiental no controle do desmatamento e, futuramente, das queimadas”, como acrescentou o secretário da Sedam, Elias Rezende.

As caminhonetes com tração devem favorecer o acesso em áreas do campo onde não era possível chegar, assim como os drones, permitindo análises mais seguras aos técnicos.

O governo do Estado promove melhores condições de trabalho para que os técnicos que atuam em campo entreguem os resultados que a população espera. Como o Batalhão de Polícia Ambiental, que recebeu oito drones e cinco viaturas, conseguindo agora fiscalizar com mais eficiência e estrutura necessária para transportar o efetivo e promover a educação ambiental.

Os investimentos permitem melhores resultados, como na região de Ji-Paraná, que atende 28 mil quilômetros em 12 cidades, 13 distritos e 6 comarcas. “Recebemos duas caminhonetes que vão ajudar muito os agricultores. Qualquer vistoria, que antes durava no mínimo oito meses, hoje fazemos em 90 dias, no máximo”, afirmou o gerente regional José Moita.

“Trabalhar para promover licenciamento e conter os crimes ambientais, com justiça. De forma legal, sem prejudicar os produtores rurais. Não só para impedir que haja degradação de nossas florestas, (o investimento) também é importante pois sabemos que é necessário fiscalizar, mas também produzir”, concluiu o governador Marcos Rocha.

Na solenidade foi realizada uma demonstração de vôo dos drones e estiveram presentes, além do governador, os deputados estaduais Ezequiel Neiva e Chiquinho da Emater, o presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes, o secretário subchefe da Casa Militar, Valdemir Góes, os secretários estaduais de Agricultura (Seagri) e Assistência Social (Seas), Evandro Padovani e Luana Rocha, os comandantes do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) e Corpo de Bombeiros Militar (CBM), major Glauber Souto e Demargli Farias, e o superintendente Estadual de Licitações (Supel), Márcio Gabriel.

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre