Porto Velho (RO) sábado, 22 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Vacina deve controlar Brucelose em Rondônia


A doença é responsável por grandes prejuízos no rebanho nacional, devido ao aborto, redução da fertilidade e conseqüente queda na produção leiteira

O secretário estadual de Agricultura, Francisco Evaldo de Lima, participou hoje da solenidade de entrega de 560 mil doses de vacina RB51, contra a brucelose em bovinos. A doação foi feita a Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural do estado de Rondônia (Emater-Ro) pelo laboratório Schering-Plough-Intervet, através da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril, do Estado de Rondônia (Idaron). O evento ocorreu na manhã desta terça-feira, 18, no auditório do Aquárius Selva Hotel.

A brucelose é uma doença infecto-contagiosa, causada pela bactéria do gênero Brucella, que acomete o rebanho bovino e bubalino, em especial as fêmeas, sendo uma zoonose de grande relevância para a saúde. É responsável por grandes prejuízos no rebanho nacional, devido ao aborto, redução da fertilidade e conseqüente queda na produção leiteira.

Dados extraídos com a sorologia realizada em 2004, e que é realizada a cada dez anos, quatro por cento do rebanho, focados em 28% das propriedades rondonienses, estavam afetados pela doença. Desde então, a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Regularização Fundiária (Seagri), tem investido, através do Idaron e da Emater, em campanhas de prevenção e controle da doença.

Diferente da vacina B19, que vem sendo ministrada em bovinos - fêmeas de três a oito meses de idade - para controle da brucelose, a vacina RB51 é indicada para animais, fêmeas também, acima de 12 meses. Segundo a médica veterinária Silvana de Castro Freitas, da Emater, serão vacinados animais que não receberam sua dose em tempo hábil. “Essa ação será de extremo impacto na sanidade do rebanho rondoniense, podendo assim diminuir ou erradicar a brucelose no Estado”, diz a veterinária.

Para o secretário estadual de Agricultura, que representou o governador João Cahúlla no evento, Rondônia hoje tem a melhor agência de defesa agrossilvopastoril de todo País. “E isso não caiu de paraquedas. É fruto do trabalho de sanidade animal que há muito tempo vem sendo desenvolvido no Estado”, declarou Evaldo de Lima. O secretário destacou ainda que o Estado possui uma localização privilegiada que lhe traz inúmeros privilégios. Como, por exemplo, a possibilidade de exportar carne para os países andinos através da abertura da Rodovia Transpacífico, e da reabertura BR 319 que abrirá um mercado de dois milhões de consumidores só em Manaus.

Evaldo de Lima observou que, por isso mesmo, cuidar da sanidade animal no Estado é de fundamental importância para participar do mercado mundial, valendo-se da estratégica posição geográfica. “Nosso foco é ser competitivo e aumentar a produtividade do nosso rebanho, mas sem derrubar um pé de árvore sequer”, completou o secretário. Na ocasião, Evaldo de Lima agradeceu, em nome do governador João Cahúlla ao gerente técnico pecuário do laboratório Schering-Plough-Intervet, Sebastião Faria. “Agradecemos essa importante doação e reitero que estamos de portas abertas para fixar parcerias em outros setores importantes de nosso Estado”, finalizou o secretário.

Fonte:  Josi Gonçalves
 

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat