Porto Velho (RO) terça-feira, 2 de março de 2021
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

São Lucas fará monitoramento ambiental na Rebio Jaru


A Faculdade São Lucas, de Porto Velho, integra o grupo que vai atuar no Simbio (Sistema de Monitoramento da Biodiversidade), que será implementado na Reserva Biológica do Jaru (Rebio Jaru). Através do Curso de Ciências Biológicas, a Faculdade São Lucas fará o monitoramento da vegetação da Unidade, tendo a incumbência de coordenar o levantamento da fitossociologia e da florística, havendo a possibilidade de parte do material coletado na reserva ser depositada no Herbário da Instituição.

Nos dias 22 e 23 de agosto foi realizada em Ji-Paraná uma reunião para definição das parcerias, planejamento e execução técnica e financeira do monitoramento de biodiversidade para 2006 e 2007. Em outubro será realizada a primeira etapa do processo de monitoramento da Rebio Jaru, com o reconhecimento da área. Todo o trabalho prevê quatro trimestres, sendo que cada etapa terá a duração de 8 a 10 dias de atividades de campo. A equipe da Faculdade São Lucas será liderada pela professora Ana Cristina Ramos de Souza, coordenadora do Curso de Ciências Biológicas, que terá o apoio de alunos, professores, parabotânico e mateiro.

O analista ambiental Luiz Sérgio Ferreira Martins, coordenador do processo de revisão do Plano de Manejo da Reserva Biológica do Jaru, informou que o Sistema de Monitoramento da Biodiversidade faz parte do Arpa (Programa de Áreas Protegidas da Amazônia) que prevê a implementação de cinco unidades de Proteção Integral escolhidas, dentre as quais a Rebio Jaru.

Fonte: Chagas Pereira - Registro Profissional 165 DRT/R

Mais Sobre Meio Ambiente

Governo de Rondônia antecipa estratégias para atender famílias atingidas pela cheia do rio Madeira

Governo de Rondônia antecipa estratégias para atender famílias atingidas pela cheia do rio Madeira

O Governo do Estado de Rondônia, por meio do Corpo de Bombeiros Militar, em parceria com a Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil (Cmpdec)

Sedam alerta pescadores para obedecerem o período do defeso nos rios de Rondônia

Sedam alerta pescadores para obedecerem o período do defeso nos rios de Rondônia

Mesmo sob o vigoramento da legislação do defeso, a predação a cardumes e quelônios ocorre novamente em Rondônia. O Governo do Estado de Rondônia, por

10 aranhas mais venenosas do mundo!

10 aranhas mais venenosas do mundo!

Como eu sei que vocês adoram uma curiosidade sobre nossos animais, esse vídeo é um prato cheio para você! E aí? Vocês gostam de aranhas? Têm medo de