Porto Velho (RO) domingo, 5 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Rondônia perde 9 milhões de hectares de floresta em áreas de preservação


  
MONTEZUMA CRUZ
Agência Amazônia

CACOAL, RO – O Grupo de Trabalho Amazônico em Rondônia (GTA) lançou segunda-feira em Cacoal o relatório "O Fim da Floresta? A Devastação das Unidades de conservação – Terras Indígenas no Estado de Rondônia". O ato fez parte da celebração do acordo dos índios Suruís com o programa Google Earth, que mapeará o território da Aldeia Sete de Setembro como mecanismo de controle do desmatamento.

O relatório analisa implicações socioambientais do desmatamento das áreas de proteção ambiental, que segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em julho de 2007 chegou a quase 9 milhões de hectares, o equivalente a mais de um terço da área total do Estado. Os índices de desmatamento acumulados em Rondônia colocam o Estado hoje à frente de vizinhos como Pará e Mato Grosso, tradicionalmente considerados "campeões da devastação". 

Rondônia perde 9 milhões de hectares de floresta em áreas de preservação - Gente de Opinião
Documento do GTA mostra corrida às reservas extrativistas


O dossiê dá detalhes da ação dos grandes e médios madeireiros que se escondem por trás de "laranjas", aponta nome de políticos e detalha o esquema de conivência do poder público para proteger e acobertar grileiros e invasores. É um documento para consulta e certamente renderá polêmica.

Assassinatos

Além da devastação ambiental, o desmatamento ilegal nas Reservas Extrativistas em Rondônia tem outra face extremamente cruel: a violência contra as comunidades locais. São comuns relatos sobre populações tradicionais expulsas das Resex por grupos de homens armados. 

Morrem seringueiros e lideranças comunitárias nas regioões devastadas. Da mesma forma que ocorria entre os anos 1970 e 1980.Uma das vítimas da violência local é o índio Almir Suruí, coordenador da Associação Metareilá do Povo Indígena Suruí e promotor do acordo o grupo Google Earth, foi obrigado a deixar Rondônia em função de ameaças de morte. 

Rondônia perde 9 milhões de hectares de floresta em áreas de preservação - Gente de Opinião
Almir Suruí, testemunha da devastação e da violência


O GTA aponta diversas propostas para reduzir o desmatamento, acabar com a violência contra os povos tradicionais e o clima de impunidade que contribui, em grande medida, com o avanço do desmatamento.

Fonte: Montezuma Cruz - Agênciaamazônia é parceira do Gentedeopinião.

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre