Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

RIO MADEIRA: Defesa Civil ainda vê normalidade


 
Nível passou dos 12 metros, mas ainda não disparou o sinal vermelho
 
O nível do rio Madeira voltou a subir no início desta semana em decorrência das fortes chuvas dos últimos dias. É o que mostra relatório do Departamento de Defesa Civil do Município. Na última semana, o nível das águas media pouco mais de 11 metros. Do último final de semana até agora, atingiu 12,28 metros. Mas a situação é considerada dentro da normalidade.

Se comparado este período ao mesmo do ano anterior, o volume das águas neste ano está pelo menos 3,52 metros abaixo do registrado no ano passado. Fator que segundo o coordenador municipal de Defesa Civil, coronel Reinaldo da Silva, serve de alívio para a população ribeirinha e para o próprio órgão, que tem mantido de sobreaviso equipes dos 24 núcleos espalhados nos distritos do eixo da BR-364, mais aqueles localizados na região do Baixo Madeira.

“Temos um Plano de Contingência para atender qualquer eventualidade provocada pelo aumento repentino no volume das águas do rio. Dentro deste plano de ação, já estão cadastradas todas as famílias ribeirinhas vulneráveis que necessitem receber auxílio-moradia durante eventual enchente que provoque desabrigos”, informou Silva.

De acordo com o coordenador de Defesa Civil, a enchente deste ano tem ocorrido em menores proporções em virtude das chuvas estarem concentradas na região de Porto Velho e não em sua nascente no Peru, onde o rio Madeira é denominado Beni.

“O reflexo dessas chuvas que caem sobre a nossa Capital será sentido na região de Humaitá”, explicou Reinaldo da Silva. O nível do rio Madeira só deve começar a baixar a partir do dia 20 de maio.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat