Porto Velho (RO) segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

RIO MADEIRA: Defesa Civil ainda vê normalidade


 
Nível passou dos 12 metros, mas ainda não disparou o sinal vermelho
 
O nível do rio Madeira voltou a subir no início desta semana em decorrência das fortes chuvas dos últimos dias. É o que mostra relatório do Departamento de Defesa Civil do Município. Na última semana, o nível das águas media pouco mais de 11 metros. Do último final de semana até agora, atingiu 12,28 metros. Mas a situação é considerada dentro da normalidade.

Se comparado este período ao mesmo do ano anterior, o volume das águas neste ano está pelo menos 3,52 metros abaixo do registrado no ano passado. Fator que segundo o coordenador municipal de Defesa Civil, coronel Reinaldo da Silva, serve de alívio para a população ribeirinha e para o próprio órgão, que tem mantido de sobreaviso equipes dos 24 núcleos espalhados nos distritos do eixo da BR-364, mais aqueles localizados na região do Baixo Madeira.

“Temos um Plano de Contingência para atender qualquer eventualidade provocada pelo aumento repentino no volume das águas do rio. Dentro deste plano de ação, já estão cadastradas todas as famílias ribeirinhas vulneráveis que necessitem receber auxílio-moradia durante eventual enchente que provoque desabrigos”, informou Silva.

De acordo com o coordenador de Defesa Civil, a enchente deste ano tem ocorrido em menores proporções em virtude das chuvas estarem concentradas na região de Porto Velho e não em sua nascente no Peru, onde o rio Madeira é denominado Beni.

“O reflexo dessas chuvas que caem sobre a nossa Capital será sentido na região de Humaitá”, explicou Reinaldo da Silva. O nível do rio Madeira só deve começar a baixar a partir do dia 20 de maio.

Fonte: Ascom

Mais Sobre Meio Ambiente

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/RO participam da 4º etapa de implantação do Programa ECOS de Sustentabilidade

Colaboradores do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac/IFPE, participaram no auditório da Federação durante dois dias, da 4° etapa da implantação do programa

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

Barragens de minérios: Onde estão as outras com alto potencial de estrago ou alto risco

O Brasil tem 790 barragens de rejeitos de minérios, e mais de 300 delas não foram classificadas em relação ao seu risco de rompimento e ao potencial d

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Porto Velho: Prefeitura destrava recurso de compensação social para Aterro Sanitário

Os R$ 4 milhões também servirão para elaborar o Plano Municipal de Saneamento Básico e o Plano de Gerenciamento de Resíduos SólidosMais uma vitória im

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Brumadinho: Qualidade da água do rio Paraopeba é considerada ruim. Veja as imagens

Ontem (31/01), a Fundação SOS Mata Atlântica deu início à Expedição Paraopeba, que irá percorrer 356 km deste rio, de Brumadinho à Hidroelétrica Retir