Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Prévia de I Simpósio da Amazônia é apresentado na Câmara


A Comissão da Amazônia, Integração Nacional e de Desenvolvimento Regional, apresentou ontem (23) para a imprensa, os temas e sistemática que serão abordados no I Simpósio Amazônia e Desenvolvimento Nacional. O evento terá desdobramentos nos nove estados que abrangem a Amazônia Legal, sendo preparado ao final um documento que será incluído no Plano Amazônia Sustentável(PAS).

O Simpósio tem como objetivo subsidiar as atividades programadas para registrar o Plano Amazônia Sustentável e trazer para a sociedade o debate em torno da Amazônia, estabelecendo metas objetivas aos projetos, além de inclusão de ações no Plano Plurianual(PPA).

De acordo com a presidente da Comissão da Amazônia, deputada Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) o evento irá servir para alavancar investimentos públicos para a região. Ela explicou ainda, que uma das preocupações do Simpósio são as questões ambientais, a preservação da Amazônia e o combate ao desmatamento, mas sobretudo a preocupação com a população da Amazônia brasileira.

Para o coordenador da bancada de Rondônia, deputado Eduardo Valverde(PT/RO) a sustentabilidade ambiental precisa ser compreendida pela visão da população. Segundo ele, é preciso ouvir as população tradicionais da Amazônia como os indígenas, os quilombolas, os pescadores, os ribeirinhos, os seringueiros para verem deles o que eles pensam de desenvolvimento. "Uma coisa é nossa visão contemporâneo, cosmopolita, outra coisa é a visão dessas populações que tem um outro olhar, e é esse outro olhar que nós temos que observar e tirar dele o conteúdo para conformar o pensamento médio da população amazônida", ressaltou.

As questões urbanas, como a violência, o papel da juventude, das mulheres, dos idosos, também serão abordadas na etapa estadual, que ocorrerá nos dias 26 e 27 deste mês, em Porto Velho(RO).

De acordo com Valverde é preciso repensar o modelo perverso que predomina na região, como o desmatamento, que depois de um longo decréscimo, ressurgiu novamente. Para ele, a origem desse desmatamento é a elevada pecuarização e ocupação das áreas virgens com monocultura agroexportadora, modelo que vem se fortalecendo em toda a região.

"O pequeno produtor ocupa uma área nova, desmata, faz o plantio de culturas tradicionais, esgota o solo, que depois é abandonado e reconcentrado novamente, e dá margem a uma grande fazenda com a criação de gado, o plantio de soja ou agora também de cana-de-açúcar", ressaltou.

Outra preocupação do parlamentar, é a preservação da biodivercidade, que em sua opinião, pode ser utilizada de forma consciente, desde que se adeqüe a forma de desenvolvimento, fortalecendo a diversidade etnocultural .

"E é nossa responsabilidade, como geração política, encontrar uma alternativa sustentável não só no âmbito econômico, mas também nos âmbitos social e ambiental", disse.

Outros estados – A próxima etapa do Simpósio será realizada nos dias 26 e 27 deste mês em Porto Velho(Rondônia), onde haverá onze painéis envolvendo toda a bancada do estado, composta de oito deputado e três senadores. Cada parlamentar coordenará um painel, com os seguintes temas: Energia, Transporte, Produção Sustentável, Exploração Florestal e Mineração, Segurança Pública, Educação, Políticas para as mulheres e juventude, Populações Tradicionais, Agricultura, Biodiesel ePecuária, Desenvolvimento Urbano e Saúde Pública.

Além de Porto Velho, as outra etapas acontecerão: Dia 29 em Boa Vista (Roraima), dia 05 Belém (Pará), dia 08 em Rio Branco (Acre), dia 09 em Manaus (Amazonas) e em São Luís (Maranhão), dia 12 em Macapá (Amapá) e dia 13 em Palmas (Tocantins). 

Fonte:  Leila Brito 

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

Você sabe o que são os famosos créditos de carbono? E como eles funcionam, você sabe? Na série especial “Carbono: desafios e oportunidades” recebemos

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

O Grupo de Pesquisa de Recuperação de Ecossistemas e Produção Florestal, coordenado pelas Dra. Kenia Michele de Quadros e Dra. Karen Janones da Roch

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pau-de-balsa é uma espécie florestal nativa da Amazônia e já é utilizada de forma artesanal na Colômbia para extração de ouro.Agora, cinco instituiçõ

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)