Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Prefeitura entrega tratores



Representantes de agricultores dos distritos de Porto Velho participaram hoje (25/08) na Secretaria Municipal de Agricultura (Semagric) de uma cerimônia de entrega de equipamentos agrícolas, tratores e caminhões que serão utilizados para melhorar o escoamento da produção, transporte de calcário para correção de solo e melhoria das ruas dos distritos. Os equipamentos, orçados em R$ 2,5 milhões, foram adquiridos pela Suframa, através de emendas parlamentares do deputado federal Eduardo Valverde e da senadora Fátima Cleide.

A primeira-dama do município, Lucilene Peixoto, representou o prefeito Roberto Sobrinho na cerimônia, que também contou com a presença do deputado federal Eduardo Valverde e secretários municipais.

Parte dos equipamentos – cinco tratores agrícolas, cinco roçadeiras hidráulicas, cinco plainas, cinco carretas com capacidade para 3 mil quilos e cinco tanques pipa para três mil litros - foram entregues durante a cerimônia. Os equipamentos vão beneficiar os distritos de Jacy-Paraná, Vista Alegre do Abunã, Extrema e Nova Califórnia e a localidade de União Bandeirantes. Cada um dos distritos ficará com um trator para fazer o trabalho de melhoria das ruas. As máquinas também serão utilizadas nas lavouras.

Um caminhão bitrem será utilizado para o transporte de calcário, de acordo com o Programa de Recuperação de Áreas Degradadas, promovido pela Semagric. Atualmente, a prefeitura transporta o calcário proveniente de uma mina que fica em Espigão do Oeste, ao preço de R$ 2.500 por tonelada. O calcário é fundamental para a correção da acidez do solo para agricultura em Porto Velho, segundo a secretária adjunta da Agricultura, Regina Gonzaga.

Dois caminhões serão destinados para o escoamento da produção dos distritos. "Com estes veículos vamos aumentar o número de localidades beneficiadas pelo programa de transporte de produção promovido pela Semagric. Atualmente, a prefeitura transporta  por semana 50 toneladas de produtos dos agricultores que vivem ao longo das BR-364. O serviço é voltado para a agricultura familiar e evita o atrelamento aos atravessadores", explica a secretária adjunta.

Segundo o agricultor Elias de Souza, o produto que o atravessador compra no lote alcança o dobro do preço em Porto Velho. O preço do frete, de União Bandeirantes para Porto Velho, oscila entre R$ 400 e R$ 600. União Bandeirantes produz macaxeira, banana, arroz, feijão, cacau, mamão, limão e café, entre outros produtos que abastecem o mercado de Porto Velho.
 
Maquinários
 
Além dos maquinários já entregues, outros que também estão incluídos no pacote financiado pela Suframa estão a caminho de Porto Velho: dois caminhões carroceria Ford Cago, uma retroescovadeira, um caminhão caçamba basculante, um caminhão cavalo mecânico, uma camionete L-200, um semi reboque prancha, um semi-reboque bitrem, dois tratores agrícolas TL75, duas grades aradoras de arrasto 14 discos, cinco tratores agrícolas Yanmar, cinco grades aradoras de arrasto 12 discos, cinco carretas agrícolas (3.000 quilos), cinco tanques pipa (3.000 litros), cinco roçadeiras hidráulicas, cinco plainas agrícolas, duas câmaras frias, duas despolpadeiras de frutas e uma máquina de beneficiamento de arroz.
 
Fonte: Ascom

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto