Porto Velho (RO) terça-feira, 7 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Polícia Ambiental cuida de animais machucados


Animais recebem tratamento, alimentação
e carinho na Polícia Militar Ambiental

O amor pelos animais faz a diferença na Polícia Militar Ambiental de Rondônia, único órgão do Estado, que recebe, faz a triagem, tratamento e a soltura, quando os mesmos estão em perfeitas condições de retornarem para o seu habitat natural. Muitos animais machucados não teriam outro destino senão a morte, se não fosse o trabalho desenvolvido pela Polícia Ambiental. Sem contar com apoio financeiro e com uma estrutura improvisada, os policiais oferecem atendimento especial a toda espécie que chega até as dependências do órgão, onde recebem alimentos, carinho e um lar.

A maioria dos bichos chega ao Batalhão Ambiental com problemas de saúde. O caso que mais chamou atenção foi de uma oncinha pintada, entregue na Polícia Ambiental com apenas um mês de nascida. Batizada pelo nome de Rebeca, o filhote foi acolhido e recebeu carinho especial, por parte dos policiais, biólogos e veterinários. De acordo com o major Josenildo Jacinto do Nascimento, comandante do Batalhão, a Rebeca está hoje com nove meses de idade e é um animal dócil e saudável.

A falta de recursos ainda dificulta o trabalho da Polícia Ambiental, com relação ao tratamento adequado dos animais. A sargento PM Fem Maria do Socorro Ferreira Brito cuida da Rebeca desde os três meses de nascida. "Os primeiros meses ela tomava leite na mamadeira. Conforme foi crescendo, passou a comer frangos, carne bovina e peixe, sendo medicada apenas com remédios contra vermes, receitados por veterinários", ressalta Socorro, demonstrando felicidade quando fala dos animais.

Autorizada pelo comando do Batalhão de Polícia Ambiental, a sargento Socorro ficou sendo a fiel depositária da 'Rebeca', durante a reforma de sua casa no bosque do Batalhão. "A Rebeca é tratada igual uma criança. Se alimenta nas horas certas e dorme no meu quarto, não representando qualquer perigo, por ter se adaptado com o meio urbano e as pessoas", explica Socorro.

Recebem cuidados no Batalhão Ambiental, três macacos aranhas, um macaco prego e a onça parda Shitara. Já foram cuidados e devolvidos para o seu habitat natural, cinco quatis, um porco espinho, dois bichos preguiças, três tamanduás, dois gaviões, três corujas, além de esquilos, capivaras, queixadas, mutum, pássaros de várias espécies, cobras, macacos barrigudos, tatu, tracajás, tartarugas, cavalos e cachorros, todos acompanhados por veterinários, biólogos e estagiários das faculdades de Porto Velho.

"A Rebeca foi criada na mamadeira, mantendo contato direto com o ser humano. Se ela for solta, certamente morrerá nas garras de algum animal ou mesmo de tristeza", explica Socorro, frisando ter esperanças de que o Centro de Recuperação de Animais Silvestres – CRAS, projeto do Batalhão Ambiental para tratar de animais, receba apoio das autoridades competentes e seja colocado em prática.

Fonte: Marlene Mattos

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto