Porto Velho (RO) quinta-feira, 20 de setembro de 2018
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Plantio de seringueiras é estimulado em Rondônia



O secretário de Estado do Desenvolvimento Ambiental Augustinho Pastore, recebeu na manhã desta quarta-feira produtores interessados no cultivo da seringueira no interior do Estado. A viabilidade do plantio da seringueira é incentivada pela Sedam por se tratar de uma planta nativa da região amazônica que apresenta inúmeras vantagens desde a reposição da reserva legal, proteção da  mata ciliar, além de ser uma atividade extrativista ecológica e economicamente sustentável em Rondônia.

De acordo com estudos, a seringueira gera hoje até dois mil quilos de seringa por hectare ao mês, equivalente a R$ 4.000,00, podendo também ser consorciada com outras árvores nativas da região como o cacau e cupuaçu.

Augustinho Pastore afirmou que o plantio da seringueira representa uma alternativa para o tão chamado desenvolvimento sustentável, pois é bom para o meio ambiente, recupera mata ciliares, sem contar que a demanda por produtos florestais está crescendo rapidamente.

Pastore falou ainda que em Rolim de Moura, já existe uma empresa com capacidade de industrialização de 500 toneladas de borracha por mês, pagando R$ 2,00 reais por quilo, com a vantagem de pegar o produto no local, sem nenhum custo adicional. “A indústria de Rolim de Moura tem o apoio do Governo do Estado, pois é um exemplo de atuação, no sentido de fomentar a produção, o desenvolvimento rural e o amparo social dada a característica de mão-de-obra intensiva da cultura”.

As informações necessárias sobre o plantio da seringueira, poderão ser adquiridas na Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental, localizada na Estrada do Santo Antônio, 5323, Parque Cujubim, ou nos escritórios da Sedam no interior do Estado.

Fonte: Decom

Mais Sobre Meio Ambiente

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

SP corre risco de enfrentar crise hídrica mais grave que a de 2014

O Sistema Cantareira, que abastece parte da capital paulista e da Região Metropolitana, estava com quase 60% da capacidade um ano antes da crise de 20

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Novo marco legal do saneamento gera polêmica no setor

Agentes reguladores estão avaliando a medida provisória

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Parque Ecológico Municipal recebe plantio de Ipê e Flamboyant

Um grupo de 30 crianças da Fundação JiCred plantou mudas de ipê e flamboyant no Parque Ecológico Municipal. A ação foi realizada pelo Sistema Cooperat