Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Plantio de cana será restrito na Amazônia e no Pantanal


O Ministério da Agricultura quer restringir o plantio de cana-de-açúcar na Amazônia e no Pantanal.  Em um ano estarão prontos mapas de zoneamento que indicarão a época e os locais adequados ao plantio da cultura.  "Vamos ter um zoneamento da cana com um mapa de restrições, proibindo o cultivo da cana no bioma da Amazônia e do Pantanal, além de outros locais", afirmou o ministro Reinhold Stephanes.

O governo estuda dar incentivos para o plantio na cana-de-açúcar em áreas abandonadas, especialmente em pastagens degradadas.  Outro ação será o lançamento de certificações socioambientais, com garantias de método de produção adequado e justo, desde o plantio até a elaboração do produto final para exportação, que devem considerar inclusive as questões trabalhistas do setor de cana.  "Vamos certificar todo o processo desde o plantio até a exportação, passando pelas questões trabalhistas", afirmou Stephanes.

As medidas são uma resposta do governo às críticas de que a cana estaria avançando sobre áreas produtoras de alimentos e na região amazônica.  Os dados do último levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) para a cana-de-açúcar, de maio, apontam a expansão da cultura na comparação da atual safra ante 2006/07: em Minas Gerais, houve aumento de 16,8% na área plantada; em Mato Grosso do Sul, 18%; e no Paraná, 25%.  O próximo levantamento deve sair em outubro, em meados da safra no Centro-Sul, que se encerra em novembro.  (Fabíola Gomes)

Agência Estado 

Gente de OpiniãoTerça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

EcoCast: série especial discute os desafios e oportunidades do mercado de carbono no Brasil

Você sabe o que são os famosos créditos de carbono? E como eles funcionam, você sabe? Na série especial “Carbono: desafios e oportunidades” recebemos

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

Inovação e Sustentabilidade em Rondônia: UNIR e Eletrogoes Avançam na Pesquisa Florestal

O Grupo de Pesquisa de Recuperação de Ecossistemas e Produção Florestal, coordenado pelas Dra. Kenia Michele de Quadros e Dra. Karen Janones da Roch

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pesquisa estuda folha da Amazônia para substituição do mercúrio na extração de ouro

Pau-de-balsa é uma espécie florestal nativa da Amazônia e já é utilizada de forma artesanal na Colômbia para extração de ouro.Agora, cinco instituiçõ

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Ibama define nova prioridade para enfrentar perdas na biodiversidade e a crise climática

Neste ano em que completa 35 anos, o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) comemora o impacto do trabalho

Gente de Opinião Terça-feira, 23 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)