Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Pedagogia da Terra forma primeira turma


Curso foi realizado pelo Incra, Unir e Riomar, no assentamento Padre Ezequiel, em Mirante da Serra, e está formando 52 profissionais para atuar na educação do campo.

O curso de nível superior Pedagogia da Terra, do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera), terá a colação de grau da primeira turma no sábado (17), às 15 horas, na Escola Família Agrícola de Cacoal.

"Nós não queremos só o diploma, queremos fazer diferença na prática, no campo, ajudando aqueles que não tiveram oportunidade", afirmou o formando Cláudio Rodrigues Santiago, que já era professor em um acampamento do Movimento Camponês Corumbiara (MCC), em Nova Mamoré.

Voltado para o campo e para a realidade local, o curso – uma licenciatura plena - vai habilitar seus 52 participantes para docência de ensino fundamental e gestão educacional. Os alunos já atuavam nas escolas dos acampamentos e assentamentos de Rondônia. Foi desenvolvido pela superintendência do Incra em Rondônia, em convênio com a Universidade Federal de Rondônia (Unir) e Fundação Riomar.

O resultado dos quatro anos de sua duração foi considerado excelente pela coordenadora e professora da Unir, Marilsa Miranda de Souza. "O êxito dessa turma é a resposta da sociedade ao programa do Incra que acreditou e investiu na possibilidade de inclusão dos camponeses na universidade", afirmou.

Momento histórico

Cláudio viu no curso uma oportunidade especial para os trabalhadores rurais, com uma educação diferenciada que respeita a cultura e a diversidade. Para a aluna Maria Estelia Araújo esse é um momento de avanço e histórico.    "Fomos preparados para atuar com o camponês, com os movimentos sociais e na defesa da cidadania", disse.  Segundo ela, os pontos fortes foram a metodologia e a preparação política dos alunos.

As aulas foram realizadas no projeto de assentamento Padre Ezequiel, em Mirante da Serra (RO), em tempo integral, onde os alunos ficavam em imersão alguns meses do ano. Todos colaboravam nas atividades de organização, divididos em comissões como cultura, memória, finanças, alimentação, inclusive no cuidado com as crianças que tinham que acompanhar os pais.

Pronera: o Norte em 2º lugar 

Em oito anos, o programa do Incra foi responsável pela escolarização e formação de aproximadamente 370 mil trabalhadores rurais assentados e capacitou 1.016 profissionais dos cursos de Ciências Agrárias para atuar na Assessoria Técnica, Social e Ambiental (Ates) aos assentamentos da reforma agrária.  

Em 2007, cerca de 60 mil pessoas estão sendo atendidas pelo Pronera, sendo que a maioria – cerca de 22 mil alunos – é do Nordeste do País. Em segundo lugar, estão os do Norte. O Pronera oferece educação formal em todos os níveis para os trabalhadores das áreas de reforma agrária na  Educação de Jovens e Adultos (EJA), com alfabetização, ensino fundamental e médio.

O Pronera oferece também cursos profissionalizantes de nível médio, superior e especialização, por meio de metodologias específicas que consideram o contexto sócio-ambiental e as diversidades culturais do campo. A maioria dessas ações é realizada em parceria com universidades públicas ou comunitárias e secretarias de educação, sendo que essas instituições desenvolvem parcerias locais com organizações sociais representativas dos assentados.

Fonte: Jeanne Machado

Gente de OpiniãoSegunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)

VOCÊ PODE GOSTAR

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

Megaoperação destrói infraestrutura criminosa na Terra Indígena Yanomami

As Forças de Segurança do governo brasileiro estão em ação conjunta ao redor e dentro da Terra Indígena Yanomami para impedir atividades criminosas

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

Projeto do CIMCERO e TJ-RO amplia estrutura para beneficiar viveiros em Rondônia

A parceria entre o Consórcio Público Intermunicipal de Rondônia (CIMCERO) e o Tribunal de Justiça do Estado de Rondônia tem incentivado junto as pre

Gente de Opinião Segunda-feira, 15 de abril de 2024 | Porto Velho (RO)