Porto Velho (RO) quarta-feira, 8 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

PANOBIANCO: Fumaça das queimadas volta a preocupar


A visibilidade horizontal piorou muito no inicio da noite, com perca quase que total por alguns minutos no sul de Rondônia. A frente-fria que atravessou o Brasil nas últimas 24 horas, em nada melhorou a qualidade do ar e visibilidade no sul da Amazônia, muito pelo contrário, só piorou a intensidade da bruma. Na cidade de Vilhena, às 18h40min, a visibilidade horizontal no aeroporto Brigadeiro Camarão chegou a 900 metros, obrigando o mesmo a fechar até agora, às 19 horas. Dois vôos foram desviados para Ji-Paraná, devido às condições de risco. Mesmo sendo um aeroporto de grandes proporções - com cerca de 2600 metros de pista, o segundo maior da Região Norte, atrás apenas do aeroporto Eduardo Magalhães de Manaus - com índices de visibilidade nessa categoria, todas as operações são suspensas.
Agora, o aeroporto permanece fechado, com visibilidade de apenas 2000 metros e 22°C de temperatura. O período de intensa concentração de poluentes só está começando. A mesma frente-fria que trouxe a décima segunda friagem do ano contribuiu também para o ingresso de poluentes provenientes da Bolívia. Os primeiros dias de setembro são insuportáveis em Rondônia. Por dias seguidos, nem o sol aparece, devido a tanta poluição. CLIQUE E ACOMPANHE O TEMPO EM RONDÔNIA COM DANIEL PANOBIANCO

Mais Sobre Meio Ambiente

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

Ji-Paraná: prefeitura encerra atividade no lixão e passa a utilizar aterro sanitário

A Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semeia), encerrou nesta segunda feira (06), as atividades no lixão munic

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto