Porto Velho (RO) sexta-feira, 3 de abril de 2020
×
Gente de Opinião

Meio Ambiente

Onda de frio deve derrubar as temperaturas em Rondônia



Pela quarta vez este ano, as temperaturas devem despencar em grande parte do Brasil. Na Amazônia, a força da incursão polar deve produzir mínimas abaixo de 10°C em Rondônia no final de semana.

Daniel Panobianco – Vem frio e de verdade por ai. O que até a semana passada era alvo apenas de especulação, agora ganha os ajustes finais para a chegada da mais intensa onda sub-polar do ano, até o momento. Uma expressiva onda de frio deve chegar ao Sul do Brasil já no final da tarde desta quarta-feira fazendo as temperaturas despencarem na Região.

Como a incursão fria é totalmente continental, ou seja, com penetração sobre o continente, a queda de temperatura atingirá latitudes menores, no caso da Amazônia. Vai esfriar muito em Rondônia já a partir da tarde de quinta-feira, pelo sul e oeste do Estado, regiões de Vilhena e Costa Marques. Nestas áreas, o calor pré-frontal de mais de 32°C dará lugar ao frio de 15°C em menos de 12 horas.

A divergência dos modelos ainda persiste, mas todos concordam na penetração desta forte onda de frio. Alguns jogam mínimas para menos de 10°C no Cone Sul rondoniense. Outros estipulam um frio menos generoso, mas no geral, a queda de temperatura será acentuada.

Segundo dados do modelo regional ETA20 operado pelo CPTEC/INPE (Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos) do (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), de Cachoeira Paulista-SP, a mínima pode atingir até 09°C em Vilhena, na madrugada de domingo para segunda-feira, dias 01 e 02 de junho.

Nas demais regiões também deve esfriar muito. Entre Cacoal, Rolim de Moura, Ji-Paraná e Guajará-Mirim, a mínima pode chegar a 13°C também entre domingo e segunda-feira.

O grande destaque desta onda polar e que de certa forma aumenta e muito a sensação de frio é a previsão de ventos contínuos e por vezes, de forte intensidade. Como a atmosfera vai estar bastante nublada, o vento frio que passará a soprar do quadrante sul trará uma sensação de vários graus abaixo da realidade em praticamente todo o Estado.

A queda de temperatura deve chegar também a Porto Velho, que embora seja uma região onde dificilmente se sente o ar gelado, desta vez, os ventos de sul trarão temperaturas mais amenas a capital de Rondônia.

Esta, ao que tudo indica, será mais uma friagem duradoura. Normalmente, os eventos de frio não duram mais que 3 dias, mas as projeções atuais indicam temperaturas ligeiramente abaixo da média por pelo menos, 5 dias consecutivos. No inicio, o frio será sentido pela cobertura de nuvens e os ventos fortes. Depois, a nebulosidade se dissipa facilitando uma queda ainda mais acentuada de temperatura durante a madrugada, devido a perca de radiação no solo.

Junto com esta intensa onda polar, o sistema frontal vai provocar chuvas isoladas em várias cidades rondonienses, o que ameniza a secura do ar enfrentada nos últimos dias.

Dados: CPTEC/INPE
Fonte: AMAZONIAOVIVO.COM

Mais Sobre Meio Ambiente

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Acordo de R$ 2,7 milhões na Justiça do Trabalho viabilizará projetos sustentáveis em Presidente Médici/RO

Um acordo no valor de R$ 2,7 milhões homologado pela Justiça do Trabalho em Ji-Paraná/RO beneficiará projetos sustentáveis que visam o tratamento e re

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

Rio Madeira ultrapassa os 15 metros, dois a menos que em 2019, afirma Defesa Civil

O rio Madeira atingiu na segunda-feira (9) a cota de 15,24 metros, um pouco acima da média (15 metros), mas longe de uma enchente como a registrada em

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

Prefeitura de Porto Velho alinha medidas para a realização do Amazônia + 21

O prefeito Hildon Chaves se reuniu no Prédio do Relógio (sede do poder executivo) na manhã desta segunda-feira (09), acompanhado do secretário adjunto

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Policiais Militares do Batalhão Ambiental participam de oficina sobre Crimes Ambientais de Menor Potencial Ofensivo

Sessenta Policiais Militares do Batalhão de Polícia Ambiental, de todo o Estado, participaram na manhã desta sexta-feira (28/2) da Oficina sobre